A responsabilidade política do cristão na visão da Igreja

  07 de setembro de 2018 • 11h00 • Atualizado em 11/09/2018 • 10h30

Hoje, 7 de setembro, comemora-se a Independência do Brasil e o Programa Pai Eterno exibiu uma reportagem especial sobre a importância e a conscientização dos cristãos quanto ao voto nas próximas eleições.  A equipe de reportagem da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) esteve no Distrito Federal com Dom Leonardo Ulrich Steiner, bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para uma conversa sobre o tema. (Assista ao vídeo abaixo)

Sobre o voto, Dom Leonardo destacou que para os cirstãos é mais que uma questão de patriotismo. “É ajudarmos a construir uma sociedade justa, construirmos a fraternidade e, como cristãos, termos uma responsabilidade política participando através do voto, mas também fiscalizando o mandato, nós daremos uma contribuição para construir um Brasil melhor, mais justo”, pontuou.

Para conscientizar os católicos e direcioná-los nas decisões quanto ao voto para as próximas eleições, a CNBB lançou a Cartilha de Orientação Política, que traz como tema “Os cristãos e as eleições 2018”. De acordo com Dom Leonardo, a cartilha é uma ajuda. “Para os cristãos perceberem a importância do voto, da participação do cristão no voto e também na política”, ressaltou.

Paz, justiça, amor e cuidado com o próximo são valores que devem fundamentar o debate sobre a política. É preciso estar atento não só nas urnas, mas também no trabalho realizado por cada político, no decorrer do mandato. “Estamos escolhendo pessoas que vão não apenas nos representar. No bom termo da política, vão cuidar do Brasil, dos nossos Estados. Então, veja como é importante o voto e a participação dos cristãos. Não podemos nos ausentar no momento do voto”, destacou Dom Leonardo.

Veja também:

Para os cristãos, a Igreja é essencial nos debates, pois ajuda na reflexão sobre o futuro do país. Jair Xavier Castro, servidor público federal, afirma que a igreja é fundamental nas decisões sociais. “Ela não só nos orienta de forma eclesiástica, mas também na parte política, nos mostrando como nós devemos proceder em âmbitos como cidadãos”, declarou.

Venino Nascimento Xavier, militar aposentado, destacou a imparcialidade de candidatos da Igreja. “É papel da Igreja também essa questão social e política para conscientizar os católicos da necessidade da importância da participação neste contexto nacional votando de forma mais consciente. A Igreja não apresenta candidatos, apresenta somente valores e princípios de acordo com os ensinamentos do Evangelho”, disse.

Para a estudante Eva Mayara Perete votar é única forma de ajudar o país a voltar a ter uma democracia “É com voto consciente a partir do momento em que as pessoas tomarem consciência de que elas são uma peça importante no processo eleitoral e fazerem a sua parte”, concluiu.

Segundo Dom Leonardo, neste dia da Independência do Brasil, os brasileiros têm muito a comemorar. “Principalmente se conseguirmos mudar o nosso Brasil”, afirmou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Fonte: Afipe

Veja Também