Exaltação da Santa Cruz: 14 de setembro

  10 de setembro de 2018 • 10h31 • Atualizado em 12/09/2018 • 10h39

Na próxima sexta-feira, 14 de setembro, a Igreja celebra a Exaltação da Santa Cruz, uma Festa Litúrgica importante e momento dos cristãos refletirem sobre o Salvador da humanidade.  Para o administrador paroquial da Paróquia Santa Cruz, Pe. João Batista, a relevância da data está relacionada à memória que a cruz remete. “Era um instrumento de suplício, de morte, se tornou em Cristo, a árvore da vida, o símbolo da nossa redenção e salvação. Por isso, nós a exaltamos, não o madeiro, mas sim, aquilo que ela nos remete, que é a salvação alcançada por Cristo para cada um de nós”, disse. (Assista ao vídeo abaixo) 

Para os cristãos, a cruz representa sinal de redenção. “Quando percebemos que chegando em qualquer lugar, principalmente nas cidades do interior, vemos a torre da igreja com a cruz, o nosso olhar sempre se volta para ela e ao mesmo tempo vamos até Jesus, aquele que crucificado vai contemplar o Salvador e a salvação”, ressaltou o padre.

De acordo com o Pe. João Batista, a cor litúrgica utilizada neste dia é a vermelha. “É o símbolo da Paixão, que é a cor também utilizada nos mártires, que nos recorda o sangue de Cristo, do Redentor, que derramado na cruz colocou a vida em plenitude”.

Veja também:

Neste dia, a Igreja passa a mensagem para que os cristãos recordem o resgate da humanidade feito por Jesus Cristo quando crucificado. “Nós fomos resgatados por Cristo por um preço, que foi o sangue de Cristo derramado na cruz, e ao mesmo tempo, o sangue de Cristo nos traz a salvação e nós, com Cristo, no Batismo, morremos, mas também participamos da sua glória, pois a cruz também nos remete a glória da ressurreição”, explicou o sacerdote.

Neste dia, os cristãos em suas paróquias devem vivenciar a devoção piedosa à cruz. “A devoção popular sempre nos remeteu a isso. Em todos os lugares encontramos cruzeiros. Às vezes as pessoas levam flores, e nossos altares são ornados com a cruz. Então, neste dia, nós podemos visitar a Igreja, aos pés da cruz, no cruzeiro ao lado da Igreja, e ao mesmo tempo agradecer a Jesus, por nos ter trazido a Salvação e reconhecer, na cruz, a árvore da vida, que nos comunica em Cristo Jesus a vida nova”, concluiu.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Fonte: Afipe

Veja Também