Notícias

Irene Emília Gomes: Uma fiel filha do Divino Pai Eterno

Ela herdou a devoção dos pais e construiu sua família com base nos mesmos princípios.

A empresária Irene Emília Gomes, a Dona Irene, como é mais conhecida na cidade em que mora, Iporá (GO), compartilhou com a equipe de reportagem do Programa Pai Eterno sua trajetória de vida religiosa com inúmeras graças recebidas. Mulher cheia de fé, ela herdou a devoção dos pais e  construiu sua família com base nos mesmos princípios. O destaque foi desta quarta-feira, 9. (Assista ao vídeo abaixo)

Dona Irene conta que a devoção foi herdada dos pais. Segundo ela, sua mãe tinha grande apreço e amizade pelo venerável Pe. Pelágio  Sauter. “Desde que eu me entendo por gente, nós somos devotos do Divino Pai Eterno. Minha família morava perto da Igreja velha, tinha uma olaria no Barro Preto. Então, eu cresci vendo minha mãe e meu pai falar na Imagem do Divino Pai Eterno. O Pe. Pelágio era bom demais para minha mãe. Ela tinha medo de chuva e corria para a casa dele. Ele a ajudava muito, porque era muito pobre”, contou.

O pai de Dona Irene foi uma das pessoas que ajudou na construção do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno. “Ele carregou pedra para fazer o alicerce da igreja nova. O Divino Pai Eterno sempre foi tudo na nossa vida”, disse.

Dentre tantas histórias de graças alcançadas, a devota lembrou com gratidão de uma que marcou a sua vida. “Eu estava grávida e eu fui tirar uma água para lavar roupa e caí na cisterna. Na hora que cai eu só lembrava do Divino Pai Eterno”, relatou.

Veja também:

Mesmo diante de um momento assustador, ela não se enfraqueceu e contou com sua fé. “Eles me examinaram e disseram que a barriga estava toda roxa, preta. E eu falei para o médico que eu estava grávida. Ele disse: “Estava, não está mais! Criança nenhuma vai resistir a isso!”. Eu respondi a ele que o meu filho iria sim viver.  Lembro que ele disse que só por eu ter sobrevivido já era muito. Levantei de mesa, ele me passou um remédio e eu fui embora. Já contei essa história mais de mil vezes porque meu filho se salvou. Ele nasceu e cresceu!”, contou.

Para a empresária, o Pai Eterno é o responsável por todas as suas conquistas. “Tenho muito orgulho de ter sido uma filha do Divino Pai Eterno. Aqui na minha família não tem um que não é filho do Pai Eterno”, concluiu.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter