Notícias

Saiba a diferença entre Santa Missa e Celebração da Palavra

Monsenhor Luiz Gonzaga Lôbo explica detalhes sobre os momentos de oração da Igreja.

A diferença entre a Santa Missa e a Celebração da Palavra foi tema abordado no Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 6.  Quem falou sobre o assunto foi o pároco da Paróquia São Pedro Apóstolo, Monsenhor Luiz Gonzaga Lôbo. (Assista ao vídeo abaixo)

De acordo com o Monsenhor, a Santa Missa surgiu como um ato solene em que os católicos relembram o sacrifício que Cristo fez pela humanidade. É o momento de participar da Santa Eucaristia, que é o corpo e sangue de Jesus. “A Eucaristia é o ponto máximo, é o cume, o ponto mais alto para onde tende toda a ação da Igreja. Vejam que nós temos as nossas pastorais, fazemos os nossos trabalhos durante a semana e, no domingo, a comunidade se reúne para celebrar a Eucaristia. É o ponto máximo da nossa fé, a celebração da nossa fé”, disse.

Mas, em alguns momentos, quando a missa não pode ser celebrada, acontece a Celebração da Palavra. “Quando não temos a Eucaristia, a comunidade celebra a Palavra aos domingos para se alimentar do Pão da Vida, que é o próprio Jesus Cristo”, explicou o pároco.

Veja também:

De acordo com o Monsenhor, na ausência do padre, não há consagração da Eucaristia e por isso não há missa. “A Celebração da Palavra deve ser conduzida por pessoas que são escolhidas pela Igreja, são formadas pela Igreja, e são instituídas pelo bispo. Então, o bispo chamará aquela pessoa e dará a ela o poder de celebrar a Palavra de Deus com os fiéis”, explicou.

 

Existem diferenças marcantes entre a Celebração da Palavra e a Santa Missa, mas isso não significa que uma seja menos importante que a outra. “Na Celebração da Palavra não existe nem preparação das oferendas, nem Consagração e nem a Oração Eucarística. Não é que a celebração seja menos importante que a Eucaristia, ela também nos alimenta com o Pão da Vida”, pontuou.

A Santa Missa é uma forma de alimentar os cristãos, iluminando seus passos e sustentando a caminhada. “Quando puderem, participem ativamente da Santa Missa, porque é o culto mais sublime que nós podemos prestar a Deus. É a celebração, o memorial, da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Os cristãos não podem ficar sem a Eucaristia”, concluiu o Monsenhor Luiz Gonzaga.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter