Dicas para educar as crianças na missa

  07 de fevereiro de 2019 • 17h06 • Atualizado em 12/02/2019 • 14h20

Levar as crianças à missa é o desejo de pais, avós, padrinhos para que, desde cedo, elas conheçam o amor do Pai Eterno, mas muitos ficam com receio de a criança incomodar outras pessoas e atrapalhar a celebração e se sentem constrangidos pelos olhares de reprovação. Porém, este não deve ser um empecilho. Tenha paciência, coragem e seja o melhor exemplo de comportamento para seu pequeno durante a missa.

O Papa Francisco afirma que o choro, a amamentação, o sono não devem ser motivo para retirar as crianças da igreja, pois vai contra o que Jesus pediu: “Deixai vir a mim as criancinhas” (Mt 19,14). O Pontífice explica que o choro da criança é a voz de Deus, é a melhor oração, portanto não é necessário retirá-las. Além disso, para as mães que estão amamentando, o Papa afirma que não há necessidade de constrangimento: “No momento da amamentação, rezem por tantas mães pobres do mundo que não conseguem alimentar sua família”, pede o Papa.

Confira agora 10 dicas para educar seu filho durante a missa:

1. Explique a ele, ainda que não entenda tudo, que a igreja é a Casa de Deus, que é lugar para rezar, pensar e aprender. Conte a ele o quanto Papai do Céu fica contente com a sua visita.

2. Estabeleça regras quanto ao comportamento: na igreja não pode gritar, não pode correr, não pode usar o celular. A criança vai testar os limites desta regra, mas neste momento tenha firmeza e paciência para repetir as regras.

3. Se comporte na missa da mesma maneira que deseja que seu filho se comporte. Não fique distraído, comente com ele o porquê de a missa ser um momento sagrado. O exemplo é mais eficaz que as palavras.

4. Peça a sabedoria do Espírito Santo para falar com seu filho da maneira certa: com firmeza, mas também com gentileza.

5. Quando chegar à igreja, faça uma oração com seu filho, incentive-o a falar com Jesus e Nossa Senhora, com as palavras dele.

6. Busque ir à missa na chamada “Missa das Crianças”, as paróquias reservam um horário para fazer uma celebração com a linguagem dos pequenos, usando teatro e músicas para ensinar.

7. Se o seu filho fizer alguma pirraça ou chorar, leve-o até a capela ou sacristia para conversar com ele e se acalmar.

8. Lembre-se do versículo: Diga apenas ‘sim’, quando é ‘sim’; ‘não’ quando é ‘não’. (Mt 5, 37). Isto vai fazer a criança, por maior que seja a teimosia, adquirir confiança e respeito.

9. Lembre-se de que cada missa, cada aprendizado é uma semente de fé e esperança para que seu filho cresça e se torne um adulto seguro e emocionalmente equilibrado.

10. Não tenha vergonha ou medo das pessoas em volta, se seu filho se comportar mal. Cada criança tem uma personalidade e tempo de aprendizado. Tenha paciência, que logo seu filho saberá apreciar este momento tão bonito que é a Celebração Eucarística.

Pollyana Reis
Jornalista Afipe

 

Veja Também