Romeiros vêm de longe para agradecer bênçãos recebidas

  10 de outubro de 2017 • 10h31 • Atualizado em 11/10/2017 • 11h58

As faixas expostas no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), mostravam que centenas de romeiros saíram de vários lugares do Brasil para vivenciarem um momento de fé no último fim de semana. Muita gente chega à Capital da Fé de Goiás para pedir bênçãos ao Pai Eterno, mas outras tantas, para agradecer por graças já recebidas. O destaque foi do quadro Filhos Peregrinos, exibido no Programa Pai Eterno desta terça-feira, 10. (Assista ao vídeo abaixo)

O romeiro José Maria Martins do Nascimento, de Natal (RN), foi um dos que veio para agradecer. “Eu tenho uma deficiência na vista, do lado direito, e eu não enxergava bem. Eu tinha uma graça a alcançar e eu prometi que eu viria pagar essa graça. E estou aqui”, contou.

O devoto Dirceu Luiz Michelan, de Tupã (SP), estava emocionado por estar no Santuário. Ele viajou por cerca de dez horas, e veio até a Casa do Pai para agradecer a notícia que recebeu há cerca de 40 dias: a cura de um câncer. “Foi muita fé, muita oração. Eu acredito que foi um milagre na minha vida. O Divino Pai Eterno é o que está no meu coração hoje”, afirmou.

Veja também:

A Jussara Rita Vale de Lima, da Cidade Ocidental (GO), é outro exemplo de graça recebida. Com os exames recentes em mãos, ela visitou a Casa do Pai para agradecer a cura de um câncer de mama, uma batalha que ela vinha enfrentando há um ano. “Eu vim agradecer ao Pai Eterno”, disse.

Quem também estava no Santuário Basílica para agradecer foi a romeira Rosa Chaves dos Reis, de Belo Horizonte (MG). Vitima de câncer nos rins, ela, hoje, já está curada. “Passei por tratamento, estou em tratamento, mas estou curada. Tudo isso graças ao Divino Pai Eterno e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”, comemorou.

De Jaú, interior de São Paulo, a Alzira de Araújo Victoriano se juntou a milhares de romeiros para agradecer ao Pai. “Eu levei um tombo muito feio na minha casa, machuquei o meu braço. Eu fui ao médico, e ele falou que eu precisava fazer uma cirurgia, colocar um dreno, e eu como já estava com a viagem marcada, peguei o quadro do Pai Eterno e, rezei, pedi a minha cura, me entreguei nos braços do Pai Eterno e não a minha. Assim eu fiquei, recebi a graça. É só Ele, o nosso Pai!”, contou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Fonte: Afipe

Veja Também