Campeonato de judô revelou talentos nas Obras Sociais Redentoristas

  07 de dezembro de 2017 • 11h42 • Atualizado em 08/12/2017 • 17h59

O quadro Em Nome da Vida, do Programa Pai Eterno desta quinta-feira, 7, mostra histórias de alguns dos assistidos das Obras Sociais Redentoristas. Através do esporte, eles tiveram suas vidas transformadas. São várias modalidades oferecidas pelas instituições que contam com o apoio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).

Oferecer oportunidades a quem precisa é um dos objetos das Obras Sociais Redentoristas. Tudo o que vem sendo plantado com muito amor está rendendo frutos. Prova disso foi a participação de um grupo de judocas, que treina no Complexo Cespe-Cecam, em um campeonato nacional sediado em Recife (PE).  O evento revelou grandes talentos. Verdadeiros atletas para o mundo.

Para quem nunca tinha viajado para competir, a experiência foi única. “Quando chegamos lá, bateu a realidade. Meu primeiro campeonato! Foi bem legal mesmo!”, disse Eliza Marques de Souza, judoca sênior.

Eles aproveitaram cada momento. Desde o aeroporto, experiência inédita para alguns, o assessor de comunicação das Obras Sociais Redentoristas, Sábio Faleiro, registrou o momento quando a turma estava nas alturas (acompanhe pelas imagens no vídeo abaixo).

O 17º Campeonato Brasileiro das Ligas do Judô aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de novembro, e o resultado para nossos atletas foi além do esperado: duas medalhas de bronze foram conquistadas e outras três por participação. “Todo mundo se empenhou muito para o campeonato, pessoal da direção, da equipe, todo mundo treinou bastante”, contou André Augusto Silva.

“É um momento de motivação para todos aqueles que atuam no esporte. De modo especial nas Obras Sociais Redentoristas, aqui na cidade de Trindade, para que nós possamos valorizar ainda mais o esporte e fazer com que aquelas pessoas que estão afastadas, que estão desligadas, de modo especial nas periferias da nossa cidade, possam encontrar uma saída por meio do esporte”, explicou Pe. Reinaldo Martins, diretor das Obras Sociais Redentoristas.

Eles viajaram com a proteção e as bênçãos do Divino Pai Eterno e, na volta, fizeram questão de ir até o Santuário de Trindade agradecer por tudo de bom que foi proporcionado. “Não podemos deixar de mencionar o quanto aquilo que vivemos como valor familiar, agregado ao esforço e dons e talentos que o Senhor concedeu, traz bons frutos”, afirmou Pe. Edinisio Pereira, Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno.

“Bom nível técnico com atletas que treinam todos os dias, duas ou três horas por dia. É muito gratificante. Só de eles saírem daqui para outro Estado, já são guerreiros”, disse o educador social Alan de Marcos.

Quando retornaram à Capital da Fé de Goiás, foram muito bem acolhidos. Eles tiveram a chance de receber o apoio da cidade com carreata e passeio no carro de bombeiros. Eles se tornaram orgulho para os trindadenses.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Veja Também