Em 2018, Igreja vive ano dedicado ao Evangelho de São Marcos

  10 de janeiro de 2018 • 11h07 • Atualizado em 12/01/2018 • 10h58

O rito romano utilizado nas celebrações da Igreja Católica possui um conjunto de leituras bíblicas que passa por três ciclos, também chamados de anos A, B, e C. Em 2018, os cristãos católicos vivem o ano B, que é dedicado ao Evangelho de  São Marcos. Ao Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 10, o pároco da Paróquia São José, Monsenhor João Daiber, explicou detalhes sobre o assunto. (Assista ao vídeo abaixo)

“Essa divisão foi escolhida depois que o Conselho do Vaticano Segundo pediu que houvesse uma maior riqueza bíblica nas celebrações das missas, que houvesse o anúncio em todos os textos mais importantes da Bíblia toda. Anteriormente era lida a mesma leitura durante todos os domingos de todos os anos”, explicou.

É um momento de profunda reflexão e oração. Seguir os bons exemplos deixados por Jesus Cristo, e tratar a fé conforme o respeito que ela merece. “O Evangelho de Marcos tem como tema básico a pessoa de Jesus Cristo e a fé Nele, o seguimento do caminho Dele, a procura de deixar-Lo viver em nós”, explicou o Monsenhor.

Veja também:

Cada vez mais a Igreja e o mundo precisam de exemplos de fieis como foi Marcos Evangelista, um exemplo de cristão ao viver a comunhão com Deus e com os irmãos. E de missionário ao leva a Boa Nova de Jesus o mais longe possível. O articulador de novas comunidades e um pastor dedicado ao seu reino e um exemplo de escritor que conseguiu transmitir os bons exemplos, a vida de Jesus para o maior número de pessoas.

“Caminhar na estrada de Jesus, viver da mesma forma que ele viveu, sendo também sinais do amor de Deus e procurando viver o amor. O Batismo é ser sepultado com a morte de Cristo e ressurgir com uma vida nova Nele. Permitir que Ele viva em nós”, concluiu o pároco.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Fonte: Afipe

Veja Também