Campanha incentiva doações para Vila São Cottolengo

  11 de abril de 2018 • 10h27 • Atualizado em 13/04/2018 • 08h17

A Vila São Cottolengo, em Trindade (GO), lançou a campanha #TodospelaVila, com a intenção de buscar ajuda com empresas parceiras e comunidade. De acordo com o levantamento da Central de Doações da instituição, as contribuições caíram 70% desde que foi noticiado o surto de gripe H1N1 na unidade. Sendo assim, os internos estão precisando de fraldas geriátricas tamanho G, papel higiênico, leite longa vida integral, papel toalha, água sanitária, suco, farinha láctea e Mucilon.

A campanha foi lançada pelos próprios colaboradores para ajudar a Vila a enfrentar esse momento difícil de perdas e também de preconceito. “A Vila sempre lutou contra preconceitos e enfrentou todas as dificuldades existentes para cuidar com muito amor desses pacientes. É muito importante que as pessoas ajudem a dar continuidade nesse trabalho tão importante”, pontua Fernando Mota, colaborador da instituição.

A presidente da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Lidiane Figueiredo, esclarece que o surto por lá já está controlado. “Tomamos todas as atitudes necessárias para que o quadro fosse controlado. Hoje, a situação está sob controle e os pacientes com a confirmação da doença estão com bom estado de saúde. As pessoas devem lembrar que o vírus da gripe H1N1 não originou na Vila, mas sim foi deixado aqui por alguém de fora. Por enquanto, as visitas seguem suspensas”, afirmou. 

Veja também:

Há mais de 60 anos, a Vila São José Bento Cottolengo é um exemplo de caridade e amor ao próximo.  Criada em 1951 pelos Missionários Redentoristas, é administrada pelos padres da Congregação do Santíssimo Redentor e pelas Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. A Obra Social é reconhecida pelo atendimento de excelência prestado à pessoa com deficiência física, auditiva e de reabilitação.

Atualmente, são atendidos mais de 315 pacientes internos e de longa permanência, que dependem integralmente de assistência à alimentação, higienização, cuidados e terapias. Além dos internos, a Vila atende, por ano, mais de 600 mil pacientes da comunidade na estrutura do Hospital de Medicina Especializada na Atenção à Saúde Auditiva, Física e Reabilitação, por meio de convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS). Por dia, a Vila atende cerca de dois mil pacientes no total.

Para fazer a sua doação, basta procurar o setor administrativo da Vila, localizada na Av. Manoel Monteiro 163, no Bairro Santuário. Para mais informações pode entrar em contato pelo telefone (62) 3506-9051.

Fonte: Afipe

Veja Também