Província

Governo ProvincialOK-09 cópia-07

A criação de uma província na região Centro-Oeste do Brasil começou a ser discutida em 1990. O postulado foi aprovado em assembleia da Vice-Província de Brasília, realizada no Instituto São Francisco, em Goiânia (GO). O processo foi longo e burocrático. A partir de 1993, retomou-se o diálogo em prol da criação da nova unidade, considerando a vontade da maior parte dos confrades e ainda a maturidade do grupo. No ano seguinte, o Pe. Juan Lasso de La Vega, então Superior-Geral da Congregação, comunicou ao Pe. Fábio Bento, então Superior Vice-Provincial, a data da instalação canônica da nova Província de Goiás: 11 de dezembro de 1994.

Atualmente, os Missionários Redentoristas trabalham em diferentes paróquias e comunidades. De maneira especial, cuidam do Santuário Basílica e da Paróquia do Divino Pai Eterno (Santuário Velho), onde anunciam o Evangelho a milhares de fiéis, atendem confissões, realizam batizados, cuidam de obras sociais e acolhem às diversas pessoas que procuram auxílio.

A Província de Goiás é formada por 83 confrades (68 padres, 9 irmãos, 6 junioristas na teologia), além de 46 estudantes no aspirantado, propedêutico e postulantado. Os Redentoristas trabalham em comunidades de Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Distrito Federal.