Notícias

Obras Sociais Redentoristas oferecem apoio aos mais necessitados

Em 2013, os projetos sociais atenderam milhares de pessoas que receberam o amor do Divino Pai Eterno.

CENTRO-SOCIAL-REDENTORISTA-7O Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 3, exibiu uma retrospectiva sobre o atendimento realizado, em 2013, a milhares de pessoas nas Obras Sociais Redentoristas, que recebem o apoio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). (Veja o vídeo abaixo)

A casa Talitha Kum, por exemplo, acolheu jovens em situação de risco com objetivo de proporcioná-las educação, inclusão social e dignidade. Na casa, elas desenvolveram trabalhos manuais, receberam carinho e atenção. O projeto social é realizado sob a coordenação das Irmãs Passionistas de São Paulo da Cruz.

“Saindo daqui, elas não vão precisar mais ficar na rua, pedindo dinheiro, pois já saem com um pouquinho de dinheiro e já podem comprar material para fabricarem o artesanato que aprenderam aqui. Isso ajudará na sobrevivência delas fora daqui”, comentou a educadora social, Edinete Barbosa dos Santos.

Já no Cecam, projeto de ação social desenvolvido para crianças e adolescentes de 10 a 17 anos, muito trabalho foi feito durante todo o ano. Quem antes ficava nas ruas praticou atividades esportivas e investiu o tempo em educação. Cristian Vinícius, 11 anos, uma das crianças atendidas pelo projeto, comemorou sua melhora. “Antes eu só tirava notas ruins, agora eu só tiro notas boas”, contou.

No Centro Social Redentorista (CSR), obra que recebe o apoio da Afipe,  não foi diferente. Quase 200 crianças foram atendidas durante 2013. A monitora e educadora do CRS falou sobre o atendimento. “É um trabalho muito gratificante, não tenho como resumir em poucas palavras. É algo que vem de dentro mesmo, do coração”, ressaltou.

O Centro Social Pai Eterno (Cespe) é mais uma Obra Social Redentorista apoiada pela Afipe. O projeto oferece aulas de música, teatro, artesanato e outras. “O Cespe é minha segunda casa. Eu criei praticamente meus 10 filhos aqui e agora estou criando os netos. Aqui, eu me sinto feliz e realizada”, relatou Francisca Alves do Nascimento, voluntária na Obra há oito anos.

Na Escola Agrícola Uirapuru, no interior de Goiás, o trabalho social foi realizado com o objetivo de educar as pessoas para a vida no campo. Quem passou por lá, estudou disciplinas próprias do ensino médio e do curso de Agropecuária. Em 2013 foram inaugurados dormitórios, refeitórios e novas salas, tudo com a parceria da Afipe. “Para quem viu como essa escola era improvisada, hoje chegar aqui e vê-la toda reformada e bonita, é uma satisfação sem quantia”, comemorou o educador Antônio Pereira de Almeida.

No Centro de Convivência Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a acolhida foi para várias pessoas, que hoje vivem a melhor idade, e por meio do projeto preencheram o tempo com atividades como hidroginástica e oficinas de bordado, por exemplo. “Para mim foi uma benção de Deus!”, declarou a aposentada Sueli Ferreira de Oliveira.

Muita ajuda e amor ao próximo deixaram bons momentos na lembrança de quem fez parte da Pastoral de Rua Filhos e Filhas da Misericórdia, Obra ligada a Congregação Redentorista de Goiás. Toda segunda-feira eles distribuíram alimentos e cobertores a quem não tem oportunidade de ter um lar.

Em 2013, foram muitos os momentos de oração e dedicação para com o outro. Nas obras sociais, o ano foi cheio do amor do Divino Pai Eterno.

Esta matéria foi ao ar no Programa Pai Eterno, exibido pela Rede Vida de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h30. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, o devoto pode também assistir a edição do dia no site paieterno.com.br, pela página Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store