Notícias

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos segue até 25 de janeiro

Está em pleno andamento, desde sexta-feira (18), a Semana de Oração pela Unidade […]

1_0_765070Está em pleno andamento, desde sexta-feira (18), a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que, este ano, apresenta como tema o apelo veemente do Apóstolo Paulo por uma sólida unidade: “Será que Cristo está dividido”? O tema é extraído da Carta de São Paulo aos Coríntios (1Cor 1,13).

Diante desta pergunta, pensa-se imediatamente na trágica situação da cristandade dividida, porque a ruptura da Igreja, ainda existente, deve ser entendida como divisão do que por natureza é indivisível, ou seja, a unidade do Corpo de Cristo. Foi precisamente este doloroso problema que animou os padres conciliares a lançarem o documento sobre o ecumenismo, Unitatis redintegratio, que, este ano, celebra seu cinquentenário de publicação.

Momento central, neste ano, é, sobretudo, a comemoração do histórico encontro entre o patriarca ecumênico de Constantinopla, Atenágoras, e Paulo VI, que teve lugar em Jerusalém, há cinquenta anos, precisamente de 5 a 6 de janeiro de 1964. A então anunciada vontade mútua de restabelecer a unidade entre as duas Igrejas, selada com o ósculo fraterno entre os dois líderes religiosos, em nome dos dois irmãos André e Pedro, continua a ser o ícone da disponibilidade ecumênica de reconciliação.

Promovida mundialmente pelo Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos e pelo Conselho Mundial de Igrejas, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos realiza-se em períodos diferentes nos dois hemisférios.

No hemisfério norte, o período tradicional para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos vai de 18 a 25 de janeiro. Esta data foi proposta, em 1908, por Paul Watson, por causa da celebração da festa de São Pedro e São Paulo, e, portanto, tinha um significado simbólico.

No hemisfério Sul, por sua vez, as Igrejas geralmente celebram a Semana de Oração no período entre a Ascensão do Senhor e a Solenidades de Pentecostes, que este ano ocorre de 1º a 8 de junho. Este período foi sugerido pelo movimento Fé e Ordem, em 1926, por ser também um momento simbólico para a unidade da Igreja. A busca da unidade torna-se um gesto concreto, todos os anos, com a celebração da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.

No Brasil, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC) lidera e coordena as iniciativas para a celebração da Semana em diversos estados. Levando em conta esta flexibilidade, no que diz respeito à data, a Igreja estimula todos os cristãos, ao longo do ano, a expressar o grau de comunhão que as Igrejas atingiram e a orar juntos por uma unidade cada vez mais plena, segundo o desejo do próprio Jesus (Jo 17:21).

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store