Notícias

Papa Francisco: Se deve anunciar o Evangelho com humildade

Na missa desta sexta-feira na Capela da Casa de Santa Marta o Papa […]

1_0_771096Na missa desta sexta-feira na Capela da Casa de Santa Marta o Papa Francisco afirmou que se deve anunciar o Evangelho com humildade pois ser cristão não é um privilégio.

O Evangelho de hoje relata-nos a trágica morte de João Batista. Herodes manda-o matar para agradar à sua amante Herodíade. João – considerou o Papa Francisco – teve um tempo breve de vida, ele que tinha vindo para preparar o caminho para o Messias. João acaba nas mãos da corte de Herodes que estava em pleno banquete:

“Quando existe a corte é possível fazer de tudo: a corrupção, os vícios, os crimes. As cortes favorecem estas coisas. Anunciou que estava próximo o Salvador, o Senhor e estava próximo o Reino de Deus. E tinha-o feito com força. E batizava. Exortava todos a converterem-se. Era um homem forte. E anunciava Jesus Cristo.”

“Mortes humilhantes. Mas também João teve o seu Jardim das Oliveiras, a sua angústia na prisão, quando acreditava ter-se enganado e manda os seus discípulos perguntar a Jesus: Mas diz-me, és tu ou enganei-me e é outro? A escuridão da alma, aquela escuridão que purifica, tal como Jesus no Jardim das Oliveiras. E Jesus respondeu a João como o pai respondeu a Jesus, confortando. Aquela escuridão do homem e da mulher de Deus. Penso neste momento na escuridão da alma da Beata Teresa de Calcutá? Ah a mulher que todo o mundo louvava, Premio Nobel! Mas ela sabia que num momento da sua vida, longo, havia só a escuridão dentro.”

João Batista não se apoderou da profecia – salientou o Papa Francisco – João é o homem que anuncia Jesus Cristo. E tudo começou com um encontro, aquele entre Isabel e Maria em que João dançou de alegria no seio de sua mãe. Segundo o Santo Padre João não se mete no lugar de Jesus fazendo-se ele próprio discípulo de Jesus Cristo.

“Vai-nos fazer bem hoje, a nós, perguntarmo-nos sobre o nosso discipulado: anunciamos Jesus Cristo? Aproveitamos ou não aproveitamos da nossa condição de cristãos como se fosse um privilégio? João não se apoderou da profecia. Vamos pelo caminho de Jesus Cristo? O caminho da humilhação, da humildade, do rebaixamento para o serviço? E se nós acharmos que não estamos firmes nisto, perguntemo-nos: ‘Mas quando foi o meu encontro com Jesus Cristo, aquele encontro que me encheu de alegria?’ E voltar ao encontro, voltar à primeira Galileia do encontro, Todos nós temos uma! Voltar lá! Reencontrarmo-nos com o Senhor e andar para a frente neste caminho tão belo, no qual Ele deve crescer e nós diminuir.”

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store