Notícias

Vila São Cottolengo: celebração pelo aniversário de 63 anos

Irmã Maria fala sobre o crescimento da Obra Social e explica como o atendimento em equipe é feito aos internos.

DESTAQUE_ENTREVISTA_17.02.2014Na última semana, a Vila São José Bento Cottolengo comemorou o aniversário de 63 anos. Para celebrar, o Programa Pai Eterno desta semana exibirá uma série especial sobre o trabalho desenvolvido na Obra Social Redentorista. Para começar, o quadro Entrevista desta segunda-feira, 17, exibiu uma conversa com a Irmã Maria Pedrosa, que há mais de 20 anos participa das atividades da Vila. (Assista ao vídeo abaixo)

Tálita Carvalho: Irmã, como foi para a senhora acompanhar todo o desenvolvimento da Vila São Cottolengo?

Ir. Maria Pedrosa: Para mim foi muito importante, pois a Vila cresceu bastante em vista da primeira vez que cheguei aqui. Era muito pobre, não tinha mais onde ter pobreza.

Tálita Carvalho: Sabemos que a Vila conta com mais de 300 internos. Como o trabalho é dividido para que não falte o essencial e necessário para cada uma dessas pessoas?

Ir. Maria Pedrosa: Uma irmã é responsável por duas ou três unidades e aí vamos trabalhando com os profissionais, como fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e nutricionistas. Hoje temos toda a equipe que trabalha junto conosco, nós não trabalhamos sozinhas e sim com toda essa equipe. Também tem o presidente da Vila que ajuda bastante.

Talíta Carvalho: Hoje a Vila também atende a comunidade, isso foi um grande passo? Foi uma conquista? De que forma ajuda os pacientes que ficam aqui na Vila?

Ir. Maria Pedrosa: A Vila recebe muitas visitas, pois Trindade tornou-se uma cidade turística, através do Pe. Robson, por isso aqui vem muitas visitas. A Vila é muito visitada e recebe muitas doações. Atender a comunidade foi uma conquista muito grande e fez um bem imenso a essa pobreza.

Talíta Carvalho: E como isso influencia aqui dentro? Como é atender as pessoas da comunidade também? Como a senhora se sente com isso?

Ir. Maria Pedrosa: Há médicos especialistas para tudo: dentista, fisioterapeuta, clínico geral para encaminhar os pacientes para Goiânia, se for preciso, e tem a Enfermaria São Lucas, que recebe os pacientes de fora, vítimas de acidentes, que ficam aqui na Vila fazendo tratamento até melhorar um pouco, depois recebem alta, vão para casa. Tudo isso ajuda muito no crescimento da Vila.

Talíta Carvalho: A senhora já tem mais de 20 anos de dedicação à Vila. Como é fazer parte desse trabalho?

Ir. Maria Pedrosa: Eu me sinto muito feliz e muito honrada, pois eu estou aqui servindo a Deus na pessoa dos pobres.

Talíta Carvalho: Qual mensagem a senhora deixaria para os devotos, filhos e filhas do Divino Pai Eterno, que nos acompanham?

Ir. Maria Pedrosa: Que eles continuem visitando Trindade e a Vila, deixando a sua doação para esses internos que não dão conta de fazer nada e dependem de tudo, dos funcionários e todos que cuidam deles. Que ajudem também com as orações.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h30. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store