Notícias

Convivência na Vila São Cottolengo ensina o respeito às diferenças

Terço das Crianças, realizado sempre às sextas-feiras, promove momento de oração, alegria e integração.

DESTAQUE_VILA_SAO_COTTOLENGO_TXT_27_02_2014O quadro Em Nome da Vida exibido no Programa Pai Eterno desta quinta-feira, 27, continuou a mostrar a animação e a fé, que são comuns durante o Terço das Crianças, rezado na Capela da Vila São Cottolengo, em Trindade (GO). Realizado sempre às sextas-feiras, o terço é um momento de oração e integração entre as crianças e os internos da Vila. (Assista ao vídeo abaixo)

Ainda muito pequenas, elas podem não ter noção do quanto a convivência com os internos da instituição é importante para a formação de cada uma. Mas é uma relação onde todos ganham.

“O Terço das Crianças era realizado no Centro Comunitário Santa Bárbara, era ótimo, mas na Vila passamos a ter a convivência com os internos. Para eles é mais difícil se locomover para outros lugares e sendo na Vila, eles podem participar. Rezamos junto com eles. A ideia é mostrar para as crianças que existe outro mundo sem ser o que elas estão habituadas a viver. Diferente, mas repleto de amor, de carinho, um mundo inocente, que eu acho que só Deus consegue mostrar, tocar nas pessoas. E aqui na Vila a gente tem tudo isso “, declarou Ana Cláudia Ferreira Reis, coordenadora do Terço das Crianças.

O Terço que já era bom, ficou ainda melhor, cheio de alegria, músicas e palmas. Mas na hora de rezar todos ficam quietinhos. Várias mães acompanham as crianças . “Acho muito interessante, pois as crianças interagem bastante, fazem novas amizades”, afirmou Juliana Corrêa Lemos.

Veja também: 

Na vila é comum dizer que “nem a lua precisa do corpo inteiro para encantar o mundo.” Aprender lições como essa faz a diferença na vida das crianças. A aposentada Mariquita Alves acompanhou a neta durante o Terço e falou sobre a importância dos ensinamentos vivenciados por lá. “Eles vão ser muito mais gente, pois vão começar a aprender desde cedo o respeito pelo ser humano, a convivência, a aceitação, para sentir que a diferença não pode existir no meio social”, afirmou.

A vinda do Terço para Vila mostrou com o tempo que a escolha não poderia ter sido melhor. “Aqui é um lugar de amor, não tem jeito de descrever. Todos deveriam ver, sentir e conhecer. Aqui é o lugarzinho que Deus criou para ensinar para todo mundo que todos somos iguais e filhos do Divino Pai Eterno”, ressaltou Ana Cláudia.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store