Notícias

Sebastião e Eurípedes: 72 anos de união e fé ao Divino Pai Eterno

Casal relata que tem motivos de sobra para agradecer as bênçãos recebidas por meio da fé e amor ao Pai.

AFIPE_EM_NOME_DA_VIDA_20_03_2014O casal de devotos Sebastião Bernardino de Souza e Eurípedes Balçanor, ele com 92 anos de idade e ela com 86, foi o destaque do quadro Em Nome da Vida exibido no Programa Pai Eterno desta quinta-feira, 20. Do namoro até casamento foram apenas 4 meses. O período foi curto, mas o suficiente para que eles tivessem a certeza do amor que sentiam um pelo outro. (Assista ao vídeo abaixo)

“Casamos, viemos morar em Campinas e fomos criando família, trabalhando e vivendo a vida de casal”, lembrou Eurípedes Balçanor. Hoje já são 72 anos de união. Todo esse tempo rendeu ao aos dois uma família grande. A conta ficou em 7 filhos, quase 30 netos, 18 bisnetos e 2 tataranetos. Todos criados com princípios religiosos e fé no Divino Pai Eterno.

Carlos Queiroz é um dos filhos do casal e lembra com orgulho de toda a educação que recebeu. “Todos os filhos foram batizados na igreja, todos fizeram Primeira Comunhão. Desde pequenos fomos criados dentro da Igreja Católica, sempre na fé do Divino Pai Eterno”.

Veja também: 

Muito religiosa, Eurípedes lembra com carinho de Padre Pelágio. Uma pessoa de extrema importância para a família, pois foi ele quem curou Carlos de um problema de saúde, na infância. “Ele adoeceu e a gente estava dando remédio em casa. Levamos no posto de saúde, não adiantou. Um dia minha filha me chamou para levá-lo até o Pe. Pelágio para tomar a bênção. Nós fomos e chegando lá no altar ele recebeu uma oração. Carlos só bebia água, e no caminho ele disse que estava com fome. Chegando em casa, fiz um mingau de fubá de milho para ele e no outro dia ele já amanheceu bom”, relatou.

Todos os dias Sebastião e Eurípedes rezam ao Divino Pai Eterno e pedem a proteção. Durante tanto tempo juntos, já alcançaram muitas graças, ela relembra uma: “Temos uma chácara perto de Trindade. Lá tem algumas árvores grandes e meus netos fizeram uma casinha de pau lá no alto, um deles subiu e o galho quebrou. Ele já caiu desmaiado. Quase que bateu a cabeça em uma pedra. Aí eu chamei o Divino Pai Eterno e ele não teve nada”, contou.

Uma fé que, apesar da dificuldade para andarem, os leva a Trindade quase todos os meses. Esforço feito pelo Divino Pai Eterno. “É emocionante. Temos muito o que agradecer”, ressaltou.

Como forma de agradecimento, eles são associados da Afipe e todos os meses fazem questão de contribuir, para ajudar a quem tanto precisa. “Ajudo sempre que posso, ainda mais por causa do Novo Santuário que está sendo feito, quero contribuir”, declarou.

Uma história marcada pelo amor e pela fé, acima de tudo. Para a família, orgulho de conviverem com esses dois exemplos de vida. “Sempre comento que nós temos uma fortuna incalculável, que é o amor do nosso pai e da nossa mãe e a bênção do Pai Eterno”, afirmou o filho Carlos Queiroz.

Sebastião, de poucas palavras, não poderia deixar de agradecer. Ele atribui ao Divino Pai Eterno, a graça desses 72 anos de união e da família que conseguiram formar. “Recebemos muitas graças e proteção. Se eu estou vivo até hoje, agradeço ao Pai Eterno”.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store