Notícias

Papa escreve aos jovens

O Papa Francisco incentivou os jovens a rejeitar as “ofertas de baixo preço” […]

O Papa Francisco incentivou os jovens a rejeitar as “ofertas de baixo preço” e a preferir rumar “à verdadeira felicidade” em Jesus Cristo, na mensagem para o Dia Mundial da Juventude que se celebra hoje. “Jesus interpela-nos para que respondamos à sua proposta de vida, para que decidamos qual estrada queremos seguir a fim de chegar à verdadeira alegria, trata-se dum grande desafio de fé”, escreve o Papa, num texto divulgado pelo Vaticano.

Francisco desafia os jovens a ter “coragem de ir contra a corrente” para não procurar “o sucesso, o prazer, a riqueza de modo egoísta e idolatrando-os”. “Podemos experimentar momentos de loucura, uma falsa sensação de satisfação, mas, no fim de contas, tornamo-nos escravos, nunca estamos satisfeitos, sentimo-nos impelidos a buscar sempre mais e é muito triste ver uma juventude saciada, mas fraca”, acrescenta a mensagem que tem como tema a passagem das Bem-aventuranças, ‘Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu’.

O Papa sublinha ainda que os jovens devem colocar “Jesus em primeiro lugar” sendo para isso necessário aprenderem a despojar-se “de coisas supérfluas e inúteis” como “a ambição de possuir, do dinheiro idolatrado e depois esbanjado”. “Dizei não à cultura do provisório, da superficialidade e do descartável, que não vos considera capazes de assumir responsabilidades e enfrentar os grandes desafios da vida, procurai ser livres em relação às coisas”, precisa.

Francisco pede uma especial atenção para os pobres, com quem os jovens “podem aprender muito”.“Os pobres ensinam-nos que uma pessoa não vale por aquilo que possui, pelo montante que tem na conta bancária, um pobre, uma pessoa sem bens materiais, conserva sempre a sua dignidade”, explica. “A vós, jovens, confio, de modo particular, a tarefa de colocar a solidariedade no centro da cultura humana”, escreve, incentivando os jovens a “vencer a tentação da indiferença” perante as atuais formas de pobreza como “o desemprego, a emigração, muitas dependências dos mais variados tipos”.

O Papa recorda o 30.º aniversário da entrega aos jovens da Cruz do Jubileu da Redenção, que acontecerá no próximo dia 22 de abril, um “ato simbólico de João Paulo II que principiou a grande peregrinação juvenil que, desde então, continua a atravessar os cinco continentes’. Nesse sentido, anuncia aos jovens que após a canonização do Papa polonês, João Paulo II será “o grande patrono das Jornadas Mundiais da Juventude, de que foi o iniciador e impulsionador’.

Até 2016, quando as Jornadas Mundiais da Juventude vão acontecer em Cracóvia, Polônia, Francisco desafia os jovens a refletirem sobre as Bem-aventuranças. O Dia Mundial da Juventude celebra-se este ano a nível diocesano, no Domingo de Ramos.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store