Notícias

A exemplo de Maria

Programa Pai Eterno faz homenagem àquelas que dedicam suas vidas aos filhos, assim como a Mãe de Jesus.

DESTAQUE_MAES_09_05_2014Ser mãe é um dom dado pelo Divino Pai Eterno. Toda mãe tem o amor da Santa Virgem Maria. Mãe é sinônimo de entrega, amor, ternura, paz, perdão, bondade e alegria. No próximo domingo,11, é celebrado Dia das Mães e, em homenagem a cada uma delas, o Programa Pai Eterno contou a história de três mulheres. O destaque foi do quadro Em Nome da Vida desta sexta-feira, 9. (Assista ao vídeo abaixo)

Todos os dias a servidora pública Gilza Eva de Souza Costa tem que se desdobrar pra dar conta de tudo. Moradora de Trindade (GO), ela vai trabalhar todos os dias em Goiânia, quando volta, ainda ajuda os filhos com os deveres da escola e também atua na Pastoral da Família como catequista. Ela contou que tem que suar a camisa: “A mãe de hoje, a mãe que trabalha, ela tem que se fazer presente estando fisicamente ausente”.

Já a cozinheira Constantina Ribeiro de Souza trabalha há sete anos no Centro Social Redentorista São Clemente, em Trindade, onde ela distribui todo o carinho que tem para as crianças. “Elas mostram lá fora que gostam e tem um carinho por mim. Às vezes eu estou passando na rua e elas me abraçam. As que saem do Centro Social falam que queriam continuar aqui junto comigo. Elas me abraçam, me beijam e me chamam de princesa”, contou.

A contadora Ana Maria Quirino Rodrigues trabalha no Santuário Basílica de Trindade. A fé no Pai Eterno é antiga e ela afirmou que o exemplo para constituir uma família veio de casa mesmo: “Essa base, essa raiz foi o que trouxe o sonho para o meu coração. Desde pequena eu sempre quis uma família assim, como a dos meus pais”.

Veja também: 

Todas elas têm em comum o fato de serem mães e, mais que isso, são mães que buscam cuidar e evangelizar os filhos, seguindo a fé no Pai Eterno. Para iss,o dão o próprio exemplo. “Eu acho que é possível evangelizar os filhos mostrando o trabalho. Não tem como evangelizar na teoria, é preciso mostrar na prática, levando-os junto”, enfatizou Gilza.

“Minha principal bênção, aquilo que eu mais pedi, Ele me concedeu, que é essa família maravilhosa que tenho. Algo que não consigo descrever. O amor que tenho pela minha família e a gratidão que tenho pelo meu Pai Eterno é gigante. Essa é minha grande realização”, comemorou Ana Maria.

Homens de sorte são os maridos, que possuem verdadeiras guerreiras em casa. Paulo César Rodrigues, esposo de Ana Maria, reconheceu: “Você como esposa, como mãe, transformou a minha vida, na verdade transformou a minha história”.

“Ela é minha cúmplice, minha esposa, é minha companheira. Foi a que eu escolhi para ser a mãe dos meus filhos e espero que seja sempre, até Deus permitir”, disse Alessandro Marcos Costa, esposo de Gilza.

E quem melhor pra falar sobre elas do que os próprios filhos? Érick Vinícius Souza Costa, falou sobre a importância da mãe, Gilza, na sua vida: “Ela é muito legal para mim, pois me ajuda em tudo, estuda comigo. Ela é tudo para mim”.

“Ela é um exemplo de pessoa, de vida, ela tem caráter”, completou a irmã de Érick, Ana Gabrielle de Souza Costa.

Segundo João Paulo Quirino Rodrigues, filho de Ana Maria, a mãe é um referencial: “ensinou tudo que sei”. A irmã, Ana Vitória, tem a mãe como porto seguro. “Para mim significa tudo que eu tenho, meu refúgio. Sempre que eu preciso ela está do meu lado”, disse.

A filha de Constantina, Wesliane Ribeiro Batista, fez um pequeno agradecimento pelo amor que recebe e não exige nada em troca: “Aprendi com ela que nunca podemos desistir dos nossos sonhos. O sonho dela, como ela diz, é ver os filhos bem. Se não fosse ela, eu não estaria fazendo faculdade”.

São três mães, mas poderiam ser todas. O que elas têm em comum? O amor incondicional pelos filhos! “Eu quero ver minhas filhas fazendo aquilo que eu não consegui, que eu não tive a oportunidade”, declarou a cozinheira Constantina .

Para Gilza educar é transmitir valores aos filhos. “Não é só fazer com que saibam se comportar num local, ou à mesa, mas é saber passar valores morais de caráter, para que independente da profissão que ele escolha, ou do rumo que ele siga, ele saiba distinguir o certo do errado”, concluiu.

Ana Maria Quirino Rodrigues tem os filhos como grandes tesouros. “Meus filhos são uma riqueza na minha vida”, conclui.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store