Notícias

Romeiros de Jataí chegam a Trindade após nove dias de caminhada

Cansaço e dor, mas a certeza de que a fé no Divino Pai Eterno recompensa o sacrifício.

DESTAQUE_JATAI_01_07_14Cumprindo o compromisso de marcar presença na Romaria do Divino Pai Eterno, os romeiros de Jataí (GO) estão em Trindade para mais uma vez participarem da programação de missas, novenas e terços. Após nove dias de caminhada, o grupo de 22 pessoas está em uma casa alugada para o pouso e pretendem ficar até o dia da Grade Festa, próximo domingo, 6 de julho.

A romeira Leida Silva de Jesus organizou o grupo e contou que há 13 anos participa da Romaria: “A primeira vez eu vim para pagar uma promessa e continuei vindo porque gostei e gosto muito de vir. É um esforço enorme, mas a fé é maior ainda, é muito bom. O grupo é bem unido, e nós temos tudo organizado, pousos, barracas e banheiros”, relatou.

Ela veio com o esposo, dois filhos, duas noras e quatro netos. Todos devotos do Divino Pai Eterno. “Uns vieram pela primeira vez, outros já tem o costume de muitos anos. A gente vem rezando o terço, cantando, somos uma família de romeiros, um grupo de amigos, famílias que seguem na fé”, relatou.

Wilton Silva de Jesus, filho de Leida, veio com a esposa e o filho Werick Silva Alves de Jesus, de 4 meses. Segundo ele o bebê veio tranquilamente: “No primeiro dia estranhou, mas logo acostumou e veio todo sorridente, alegre, não deu nenhum trabalho. Espero que no ano que vem ele venha do meu lado e já andando”.

São 320 quilômetros percorridos a pé. O corpo sente e os sinais da dor ficam marcados. A romeira Larissa Carvalho chegou com os pés bem machucados. “Senti muita dor, foi bem desgastante, mas graças ao Divino Pai Eterno minha promessa foi cumprida. Eu recebi uma graça e vim agradecer por isso”, disse.

Veja também: 

DESTAQUE_JATAI_3_01_07_14Ednilsa Terra da Silva veio pela primeira vez para pagar uma promessa feita ao Divino Pai Eterno há 20 anos e não cumprida até então. “Minha mãe estava com suspeita de câncer no nariz e meu pai na próstata. Por amor, eu confiei a vida deles ao Pai Eterno. Eles fizeram os exames e o resultado não deu mais nada. Para mim foi uma graça muito grande. Não pude vir antes pois estava com meus filhos pequenos, agora eu pude e estou aqui, graças a Ele”, relatou.

O grupo segue a estrada, para em postos, beira de rios, montam barracas e descansam. Pela segunda vez, Floripa Rosa veio com os romeiros e ficou responsável pela cozinha. “Vou na frente e preparo café da manhã, almoço e janta nos pousos já combinados. Faço com muito amor, cuido e tento agradar a todos. É um povo muito divertido, legal e de muita fé no Pai Eterno”, contou.

Junto com os romeiros, vieram três carros e uma caminhonete de apoio. Douglas Silva Cabral, 7 anos, veio com seu irmão Pietro David Silva, 2 anos, em um dos carros e disse que nas paradas para descanso ajudou os romeiros: “Eu dei água para eles. Rezei como minha vó me ensinou. Foi muito bom”.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store