Notícias

Vocação: chamado para servir a Deus

Irmãs escolhem o carisma, se dedicam a trabalhos em comunidades e vivem entregues à vida religiosa.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_OUTRA_TXT_13_08_14Agosto é o Mês das Vocações, por isso o quadro Em Nome da Vida exibido no Programa Pai Eterno começou nesta quarta-feira, 13, uma homenagem às vocações religiosas, um chamado que requer renúncias importantes para servir a Deus na vida religiosa. As homenageadas de hoje foram as irmãs, que escolheram o carisma e entregaram suas vidas a Deus. (Assista ao vídeo abaixo)

Das mais diversas maneiras, somos chamados por Deus a alguma missão. Muitas são as vocações e dentre elas, está a vocação das irmãs. O chamado acontece de formas diferentes para cada pessoa.

A irmã Nelci Aparecida Ferreira contou que demorou oito anos para seguir a sua vocação: “O meu chamado veio através de um bêbado. Ele chegou na sacristia e disse: ‘Irmã, me dá um dinheiro!’, e eu disse a ele: ‘Não sou irmã e não tenho dinheiro’. Ele continuou afirmando isso por três vezes. Aquilo mexeu no meu coração, durante a missa eu chorei muito e disse para Deus: ‘Quero responder ao Teu chamado’”.

Desde 1997, ela faz parte da ordem da Copiosa Redenção. O carisma dessa ordem é a recuperação de dependentes químicos. Trabalho dedicado ao próximo que ela afirmou fazer com muito amor. “A partir do momento em que eu ingressei na Copiosa Redenção, eu já sabia daquilo que Deus tinha preparado para mim e eu disse: ‘Daqui até a eternidade’. Nunca me arrependi do meu chamado, são 17 anos de realização plena”.

Veja também: 

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_OUTRA_TXT_2_13_08_14Hoje, a irmã Nelci mora em Trindade. Realiza diversos trabalhos na comunidade. Um deles é o atendimento na Igreja Padre Pelágio. Ela contou que conversa e aconselha quem procura ajuda: “Faço aconselhamento às pessoas e também temos um grupo em que nós rezamos pelas famílias. Quando eu entrei na Congregação, eu disse para Deus que eu queria ser como uma vela, me consumir em prol da messe de Deus”.

Assim como as irmãs da Copiosa Redenção, as irmãs da Misericórdia de Trindade também fazem um trabalho totalmente dedicado ao próximo. A irmã Maria da Cruz da Silva faz parte do grupo e explicou que a comunidade é uma casa de formação: “É um noviciado, a última etapa na formação de quando a jovem decide fazer os votos e pertencer ao instituto”.

O carisma dessa ordem, como o próprio nome já diz, são as ações de misericórdia. O tempo é dedicado e doado ao próximo. Já são 29 anos nessa missão e para ela motivo de muita felicidade. “Sou feliz, muito feliz, e diria que se fosse hoje, com todo o conhecimento que tenho, daria a mesma resposta ao chamado”, declarou.

As irmãs da Misericórdia ficam em uma casa em Trindade, onde recebem as noviças que estão em processo de discernimento para essa vocação. Elas chegam de todos os lugares do Brasil para viverem esse momento. A Ir. Elizabeth Silva dos Santos falou sobre a escolha: “A vocação religiosa é uma consagração radical que a pessoa faz assumindo e se consagrando a Deus”.

Irmãs Nelci, Maria da Cruz e Elizabeth. Vidas que são marcadas por muitas renúncias, mas principalmente, pela dedicação e amor ao próximo. A alegria delas é seguir nessa vocação. “A gente não só ensina como também aprende bastante, e isso ajuda no nosso crescimento espiritual e humano”, concluiu a Ir. Elizabeth.

“Vocação é dom e é resposta, resposta livre, de doação, de entrega e de amor”, pontuou a Ir. Maria da Cruz. “Eu peço que Deus me dê longos anos para que eu possa servir à Igreja, que eu amo tanto”, afirmou a Ir. Nelci.

O Programa Pai Eterno vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store