Notícias

Eleições e a ética religiosa

Pe. Jesus Flores fala sobre a responsabilidade da Igreja e o comportamento do cristão durante o período eleitoral.

DESTAQUE_ENTREVISTA_TXT_15_09_14As eleições se aproximam e o Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 15, exibiu entrevista com o Pe. Jesus Flores que falou sobre a responsabilidade da Igreja, como deve ser o comportamento cristão durante o período eleitoral, e abordou também quais devem ser os critérios para a escolha dos candidatos. Segundo o Missionário Redentorista é preciso conhecer o Evangelho, a política, ter um espírito crítico e um comportamento ético. (Assista ao vídeo abaixo)

Talíta Carvalho: Como deve ser o comportamento do cristão neste período de eleições?

Pe. Jesus Flores: É preciso que em cada atitude da sua vida, a presença da preocupação política esteja presente. Que nós atuemos como cristãos e como políticos em cada instante de nossa vida. Para isso, nós temos princípios, valores, critérios que devem ser resguardados a qualquer preço. A Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) chegou a definir a política como uma forma eminente de caridade. Então, pelo fato de eu ser uma pessoa humana, ter compromisso com o meu irmão, eu tenho que participar da política, tenho que lutar na política para que ela seja política e não apenas politicagem ou politiquice. Política com critérios e valores, buscando sempre o bem comum, o bem de toda a sociedade e não apenas o bem de algumas pessoas.

Talíta Carvalho: Padre é possível dizer alguns cuidados e critérios que o cristão precisa ter na escolha destes candidatos?

Pe. Jesus Flores: Primeiro tem que conhecer o Evangelho, a doutrina social da Igreja, tem que ter uma compreensão profunda da política, ter um espírito crítico para não se deixar levar pela mídia, que é muito tendenciosa de modo geral e tem um partido político, luta por ele, e por interesses políticos, não pelo interesse da população. Acima de tudo, conhecer e ter espírito crítico.

Talíta Carvalho: Qual a responsabilidade da Igreja neste período de eleições?

Pe. Jesus Flores: A responsabilidade da Igreja é a mesma sempre. Não pode ser política apenas por ocasião das eleições. Sempre ela tem que estar orientando, mostrando o caminho, advertindo contra riscos, contra desvios na política do país. É um dever permanente que não deve ter apenas por ocasião das eleições.

DESTAQUE_ENTREVISTA_15_09_14Talíta Carvalho: Como deve ser pensada e praticada a ética como cristãos neste período eleitoral?

Pe. Jesus Flores: Para praticar a ética é preciso ter conhecimento, comportamento ético. Tem que ter critérios éticos, pois não é aceitável que grupos que se apresentam como defensores da ética na política e eles mesmos não praticam a ética nas suas vidas, na relação com os políticos e com a política.

Talíta Carvalho: Padre, como votar de forma consciente?

Pe. Jesus Flores: Cada um deve formar a sua consciência com espírito crítico, analisar cada um dos candidatos, analisar as propostas que eles apresentam e, a partir da formação da consciência, dar um voto crítico e depois cobrar dos candidatos aquele voto que ele deu.

Talíta Carvalho: Para finalizar padre, qual mensagem o senhor deixa para os filhos e filhas do Pai Eterno neste período de eleições?

Pe. Jesus Flores: É preciso participar, discutir, debater, perguntar, questionar e não aceitar simplesmente aquilo que se apresenta na propaganda que é absolutamente artificial e geralmente enganosa.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store