Notícias

Escola Família Agrícola de Uirapuru: um sonho que virou realidade

Com o apoio da Afipe, a Obra Social recebeu melhorias na estrutura física e no atendimento aos jovens da zona rural.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_TXT_03_02_17_09_14Na região norte de Goiás, está a Escola Família Agrícola de Uirapuru (Efau), uma obra social que surgiu das necessidades do homem do campo de uma comunidade. Localizada na zona rural, a 3 Km da cidade de Uirapuru, a Efau atende 80 alunos de dez municípios da região com o apoio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). O quadro Em Nome da Vida exibido no Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 17, destacou como a parceria proporcionou crescimento à escola. (Assista ao vídeo abaixo)

A diretora da Efau, Ir. Elza Amada dos Santos, relembrou como era a vida rural anos atrás: “Acontecia muito êxodo rural. Os alunos ficavam com a família, terminavam o colegial e iam embora, às vezes levavam os pais também. E, às vezes, na cidade não conseguia emprego, iam para a periferia. Então pensamos em tentar reverter a situação. Nosso objetivo ao criar a escola foi este, para que a família continuasse junta, unida e transformasse o campo, mostrar que ele também é um lugar bom de se viver e com técnica”.

A coordenadora pedagógica, Vanilda Carvalho de Souza, destacou as dificuldades que a escola enfrentou no início: “Nós não tínhamos cozinha, alojamento masculino, o refeitório era um galpão coberto de telha eternit, todo aberto, cozinha também toda aberta, sem estrutura nenhuma”.

Veja também: 

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_TXT_02_17_09_14A Escola Família Agrícola de Uirapuru era um sonho inacabado. Uma história bonita, mas de futuro incerto. Até que a instituição passou a contar com o apoio Afipe, que deu fôlego à Obra Social Redentorista e luz à vida de todos. “Já ficou fechado o término e a construção dos alojamentos masculino, da cozinha, do refeitório e as áreas em frente as salas de aula e em frente aos dormitórios”, contou Vanilda.

O projeto da Efau foi criado, em 1997, pelo Missionário Redentorista Pe. Casildo Ribeiro. Os trabalhos da escola iniciaram em 2004. Oito anos depois, em 2012, a instituição começou a receber a ajuda da Afipe. De acordo com a coordenadora, desde então tudo melhorou muito por lá. “As coisas mudaram, a estrutura da escola mudou, o número de alunos aumentou e os professores de hoje são todos remunerados”, disse.

A Efau proporciona ensino gratuito e de qualidade para jovens, benefícios que atendem o anseio da região, e ao crescimento profissional e social de cada aluno, assim como o Augusto Gomes, 21, que cursa o 3º ano. Ele contou como a Efau transformou a sua vida: “Eu vim para a escola, em 2012, com o intuito de um aprendizado técnico em agropecuária, mas quando eu vim, minha vida mudou muito em questão da convivência, pois aqui você aprende a conviver com as pessoas. Tem também a questão da família, que muda bastante”.

Para Maiara Lorrane Alves, 19, também aluna do 3º ano, hoje as condições para o estudo são bem melhores. “O conhecimento melhorou muito, pois antes a gente não tinha como fazer aula prática, pois não tinha como comprar material. Hoje tem, temos o professor e tem como colocar em prática o que a gente aprende”, ressaltou.

Todo o trabalho só é possível graças à colaboração dos associados da Afipe. A aluna Maísa Cristina Alves Vilas Boas, 18 anos, afirmou que a escola transforma sonhos em realidade. “Hoje em dia a nossa região está precisando muito da assistência dos jovens que estão formando aqui”, completou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store