Notícias

Ano Mariano: tempo de oração e de missão

Pe. Rodrigo de Castro fala sobre como os cristãos devem viver os exemplos de fé, deixados por Maria.

DESTAQUE_ENTREVISTA_27_09_14Inspirada na fé, docilidade, generosidade e missionariedade de Maria, a Arquidiocese de Goiânia instituiu, de maio de 2014 a maio de 2015, o Ano Mariano. O período é uma convocação para todos os fiéis, discípulos missionários de Jesus, a partir das disposições do primeiro Sínodo Arquidiocesano. O coordenador da Pastoral da Arquidiocese de Goiânia, Pe. Rodrigo de Castro, fala sobre como os cristãos devem viver os exemplos de fé, deixados por Maria, acolhendo a Palavra de Deus em suas vidas.

JORNAL SANTUÁRIO – O que é o Ano Mariano? Qual o seu objetivo e missão?

PE. RODRIGO DE CASTRO – O Ano Mariano começou agora em maio de 2014 e vai até maio de 2015, no dia 24 de maio, que é o dia de nossa padroeira, Nossa Senhora Auxiliadora. Dom Washington quis trazer este Ano Mariano para a Arquidiocese de Goiânia neste momento porque nós estamos recebendo a devolutiva das disposições gerais do Sínodo Arquidiocesano. Nós acabamos de ter três anos de avaliação, onde foi colhido muito material pensando a vida da nossa Igreja de Goiânia. Dom Washington quis, com Maria, aquela que nos gera a Palavra, o Verbo Encarnado, receber a primeira disposição do Sínodo da nossa arquidiocese que é o ano da Palavra. Então, a missão deste Ano Mariano é trazer para nós as disposições do Sínodo da Palavra.

Como a proposta do Ano Mariano está sendo vivenciada nas paróquias e comunidades da Arquidiocese de Goiânia?

Nós vamos ter um Cenáculo Vocacional, um congresso e um Simpósio Teológico Mariano. Vamos ter também nas paróquias, de maneira muito especial, o Encontro com a Palavra, que é como a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde tem toda uma parte devocional que prepara os fiéis da arquidiocese para refletir sobre a Palavra de Deus. Cada paróquia terá vários setores que se encontram em torno de um ícone de Nossa Senhora para poder ruminar a Palavra. Os encontros acontecem todas as semanas nas casas, nas famílias, nos pequenos grupos, nas diversas paróquias da arquidiocese simultaneamente, durante todo o Ano Mariano. E ainda vamos ter a Semana Mariana, um encontro de domingo a domingo que acontece nas paróquias. É uma semana só, dentro desse Ano Mariano. Cada paróquia tem uma data específica, que é escolhida juntamente com o vigário episcopal de cada região.

DESTAQUE_ENTREVISTA_TXT_27_09_14

Como devemos nos preparar para esse período em que a Igreja nos motiva a intensificar o acolhimento da Palavra de Deus, enquanto discípulos missionários de Jesus Cristo?

A Palavra de Deus é tudo para nós. Nós devemos nos preparar para que Ela seja realmente um grande eixo na nossa vida e que possa preencher a vida de todos os cristãos. Por isso, nós estamos realmente mergulhando nesse mistério. A Igreja de Goiânia tem como opção que a Palavra de Deus chegue a todos os cantos da nossa arquidiocese. Muito bom seria se cada católico tivesse uma Bíblia e aprendesse a fazer dela um uso maravilhoso, de maneira muito especial, fazendo uma leitura orante, a Lectio Divina.

Quais são os desafios que a Igreja encontra na busca por novas formas de evangelizar, sem perder a essência e o real sentido dos ensinamentos da Palavra de Deus?

É interessante a gente compreender que a Igreja não se moderniza, mas se atualiza porque o Espírito Santo vivifica a Igreja. Se nós passamos por um Sínodo, momento onde nós olhamos para dentro, e fizemos, por um processo de caminhada, uma autoavaliação, nós já estamos dispostos para essa novidade. Então, a Palavra de Deus é a mesma, como nós sabemos, ontem, hoje e sempre. Porém, Jesus chega a nós de uma forma atualizada. Então, a Palavra de Deus é a resposta para todos os tempos e disso nós temos certeza. Por isso, nós devemos nos abrir para que essa Palavra possa transformar as nossas vidas.

Enquanto cristãos, como podemos nos espelhar em Maria para sempre trilharmos os caminhos que levam ao Pai Eterno?

Jesus é para nós o caminho que nos leva aos mistérios do Pai Eterno. Porém, Maria é aquela que veio antes, ela é a aurora, ela é a seta. Maria é para nós um grande exemplo para que possamos chegar, com nosso irmão Jesus, ao encontro do Pai Eterno. Quantas pessoas têm dificuldade de enxergar Jesus, de entender que Jesus é nosso irmão e que Ele é o caminho. Maria é mãe, aquela que realmente nos dá o seu Filho Jesus, aquela que nos leva a Jesus e aquela que traz Jesus até nós, ela intercede. Então, essa é a beleza de Maria, dentro do Ano Mariano e nessa relação com Jesus, que definitivamente nos leva à certeza das maravilhas que o Pai Eterno tem reservado para cada um de nós.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store