Notícias

Bíblia: alimento da alma e fonte pura e perene da vida espiritual

Fazer conhecer sempre melhor a Palavra de Deus, sobretudo às pessoas simples. Esta […]

1_0_828114Fazer conhecer sempre melhor a Palavra de Deus, sobretudo às pessoas simples. Esta foi a exortação do Papa Francisco aos membros da Aliança Bíblica Universal, por ocasião da publicação da tradução inter-confessional da Bíblia, fruto da colaboração do organismo bíblico internacional com a Editora ‘Elledici’.

No encontro realizado esta manhã no Vaticano, o Papa Francisco destacou a importância de “uma versão inter-confessional” da Bíblia. Trata-se – afirmou – de um “esforço particularmente significativo, quando se pensa o quanto os debates sobre as Escrituras influenciaram as divisões, especialmente no Ocidente”. Então, falou de uma experiência vivida na Argentina, quando foi realizada uma tradução em comum acordo entre católicos e evangélicos:

“É uma idéia boa, porque as pessoas podem entendê-la, as pessoas simples… pois é uma linguagem verdadeira, próxima às pessoas. Nas missões que fazíamos na paróquia, em Buenos Aires, íamos sempre à Sociedade Bíblica comprar alguns exemplares. Me faziam um bom desconto, eh! E dávamos às pessoas e as pessoas entendiam a Bíblia! Entendiam!”

Foi um “esforço bonito” – disse o Papa – demonstrando satisfação que agora uma experiência similar se repita na Itália:

“Este projeto inter-confessional, que vos deu a possibilidade de seguir um caminho comum por alguns decênios, vos permitiu de confiar o coração aos outros companheiros de estrada, superando suspeitas e desconfianças, com a confiança que brota do amor comum pela Palavra de Deus”.

O Santo Padre elogiou, então, o “trabalho paciente, atento, fraterno, competente, e sobretudo, de confiança”, de quem realizou esta versão inter-confessional. E congratulou-se com “este texto, que se apresenta com o beneplácito da Conferência Episcopal Italiana e da Federação das Igrejas Evangélicas na Itália, motive todos os cristãos de língua italiana a meditar, viver, testemunhar e celebrar a mensagem de Deus”:

“Gostaria tanto que todos os cristãos pudessem aprender ‘a sublime ciência de Jesus Cristo’ (cfr Fil 3,8) por meio da leitura assídua da Palavra de Deus, pois o texto sagrado é alimento da alma e a fonte pura e perene da vida espiritual de todos nós. Devemos, portanto, realizar todo esforço para que cada fiel leia a Palavra de Deus, pois a ignorância das Escrituras, de fato, é ignorância de Cristo’, como diz São Jerônimo”.

Por fim o Pontífice encorajou os presentes a “prosseguirem no caminho tomado, para fazer conhecer sempre melhor e para fazer compreender sempre mais profundamente a Palavra de Deus vivo”.

 

 


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store