Notícias

Votação, uma responsabilidade de todos

Cristãos devem exercer o direito democrático com fé, amor ao próximo e consciência na busca pelo bem comum.

DESTAQUE_ELEICOES_TXT_2014_10_01De dois em dois anos os brasileiros são convocados a exercerem o direito democrático de escolha dos seus representantes. Neste domingo, 5, serão realizadas as Eleições 2014, um momento muito importante para o Brasil e de grande responsabilidade para os cidadãos. Por esta razão, o Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 3, exibiu um quadro especial sobre as eleições em comunhão com a Igreja Católica do Brasil. (Assista ao vídeo abaixo)

A Igreja reconhece que é responsabilidade de todo cidadão a escolha consciente dos governantes. E essa escolha deve ser feita com amor e fé. A eleição é uma grande oportunidade para que reivindiquemos mais atenção ao valor da vida humana.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) elaborou um documento de orientação ao eleitor brasileiro. O texto faz uma reflexão do desafio desta eleição de acordo com a ética cristã. São 29 pontos que abordam desde a realidade sociopolítica até o desenvolvimento socioeconômico, passando pela necessidade urgente de uma reforma política. A síntese do documento é o voto consciente do cristão.

“Cabe a nós, cristãos, fazer este trabalho de conscientizar. Nós temos obrigação moral de exercer o direito civil de votar, mas votar consciente”, afirmou a aposentada Darcy Aparecida da Silva.

Veja também: 

f8c402b070225b0a62006139cb20a0fb_1404833540O Papa Francisco disse: “Devemos envolver-nos na política, pois a política é uma das formas mais altas da caridade, porque busca o bem comum”.

Agora os brasileiros vão às urnas depois das grandes manifestações do ano passado. É hora de mostrar no voto a verdadeira preocupação com políticas públicas realmente voltadas para o povo.

“Eu acho que eleição, se tratando de votar, o cristão tem que prestar atenção nos horários eleitorais, que praticamente quase ninguém gosta, mas tem as vezes é lá que tem a pessoa com boa intenção, e a gente vai ver para não perder o voto. É preciso conhecer mais o candidato, votar naquele que seja bom, não para ele, mas para o seu bairro, para sua cidade e sua comunidade, principalmente”, ressaltou o autônomo Sebastião Alves da Silva.

O texto da CNBB ainda diz que a mudança dessas situações de injustiça e desigualdade exige a participação ativa dos cristãos na política. A eleitora Darcy pontuou: “O cristão deve votar consciente naquele que tem mais certeza de que vai mudar esse Brasil”.

A consciência cristã deve ser de todos nós. Não podemos somente apontar o dedo para os políticos se, no dia a dia, também não formos pautados por valores éticos.

A empregada doméstica Maria Silva Aguiar falou sobre julgamentos: “Pecamos no falar, no pensar. Muitas vezes não queremos assumir essa responsabilidade do erro que nós carregamos. Às vezes nos julgamos muito justo e não somos, pois justo mesmo só Deus”.

“Que o Pai Eterno abençoe cada um para que não venda seu voto”, destacou a dona de casa Eliana Alves Pereira.

É importante observar que, da forma que as eleições acontecem hoje, o poder de mudança, que vem do povo, foi substituído pelo poder econômico. Daí a necessidade de uma reforma política urgente.

“Não apresentam projetos. Os projetos estão antigos, que não interessam mais. Eu sou de idade já, mas os jovens estão querendo boas novas”, declarou o autônomo Sinair Batista Marques.

O documento encerra orientando o pensamento sobre o desenvolvimento socioeconômico de acordo com três eixos: o respeito ao ser humano, a partilha justa dos recursos e oportunidades, e o verdadeiro bem estar das pessoas.

A artista plástica Nina Rosa Lima Fontes deixou seu conselho para todos os cristãos: “Ele deve ter aquela fé que tudo que ele almeja para o futuro do país, eles consigam através dos políticos que ele está votando, para que se realize as coisas com bastante amor, união, acabando de vez com a violência e a fome”.

Portanto, conheça bem os candidatos, avalie as propostas e vote consciente!

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store