Notícias

Vida de fé, devoção e bênçãos recebidas do Pai Eterno

Associada à Afipe há dez anos, devota relembra sua criação cristã e agradece pela vida e saúde.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_30_10_2014A devota Rosalina França Galvão e sua história de fé foram destaque no quadro Em Nome da Vida, exibido no Programa Pai Eterno desta quinta-feira, 30. Fruto de uma criação católica, a devota faz parte da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e atribui sua vida à sua devoção. (Assista ao vídeo abaixo)

Uma vida cheia das bênçãos do Divino Pai Eterno. “Se não fosse o Divino Pai Eterno, eu não estaria aqui. Eu já passei por muita dificuldade com doença. Graças a Ele eu ainda estou aqui”, declarou.

Aos 84 anos de idade, ela relembrou o início de toda sua fé e devoção no Pai: “A minha mãe era muito devota. A minha família era muito pobre, mas sempre teve muita fé em Deus e Nossa Senhora”.

Durante a vida, muitos milagres já foram recebidos. Hoje ela tem dificuldades de ir a Trindade, por isso acompanha as missas e novenas pela televisão. Todos os dias ela faz questão de ter um momento de agradecimento ao Pai. “Eu agradeço muito a Deus por me dar a oportunidade, a licença de viver. Eu não estou indo na igreja, mas tem televisão na minha casa para eu assistir”, disse.

Em muitos anos, Rosalina participou da Romaria do Divino Pai Eterno e contou que ia com os amigos, vizinhos e também com os familiares para a Grande Festa em Louvor ao Pai Eterno: “Assistia missa, todos os anos eu ia, acompanhava a procissão do Divino Pai Eterno. Era muita gente, hoje em dia é mais ainda”.

Veja também: 

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_TXT_30_10_2014Hoje, Rosalina precisa de mais cuidados e há três anos mora com a sobrinha, Iraci Martins de Araújo. Com muito amor e carinho, ela cuida da tia e contou que acaba aprendendo um pouco sobre toda essa fé: “A gente aprende muito com ela no dia a dia, passa a ter mais fé em Deus, mais confiança, tem mais segurança na fé da gente, nas coisas que pedimos para Deus e sente que está mais pertinho de Dele”.

Há cerca de 10 anos, a Rosalina passou a fazer parte da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). Como forma de agradecer ao Divino Pai Eterno, ela contribui todos os meses. “O que eu posso contribuir eu contribuo. Eu já ajudei na Campanha do Cimento”, disse com alegria.

Para Iraci, a devoção da tia é motivo de orgulho e admiração. “Desde que eu a conheço, ela é devota assim e desde que ela veio para a minha casa, já tem três anos, são todos os dias assim, com essa devoção, reza para todo mundo, as orações são frequentes”, disse.

Assim a devoção vai passando de geração em geração. Um dia, Rosalina aprendeu com os pais e hoje repassa essa fé para a família. Falar do Divino Pai Eterno é motivo para muita emoção. “Para mim, Ele é o Deus vivo. Então, para mim nada sem Ele”, afirmou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store