Notícias

Pe. Pelágio é proclamado Venerável pelo Papa Francisco

Título representa o reconhecimento da Igreja pela sua vida cristã dedicada à caridade aos mais necessitados.

Padre_Pelagio_02O Papa Francisco assinou nesta sexta-feira, 7, o decreto que proclama Venerável o padre Pelágio Sauter. O reconhecimento da Igreja é pela sua santidade e vida de virtudes cristãs, dedicada à caridade e atenção aos mais necessitados.

O vice-postulador da Causa de Beatificação do Pe. Pelágio,  Pe. Clóvis de Jesus Bovo, explicou o que significa o título de Venerável: “É a parte mais importante, mais trabalhosa e mais exigente de uma causa de canonização. É como o alicerce de uma construção. Em cima dele vão se levantando os outros andares: beato, santo, intercessor, modelo de virtudes, glorificado na terra e no céu. Esse título abre caminho para se continuar os estudos sobre sua santidade”. 

Pe. Pelágio e sua história no Brasil

Quando convidado para vir ao Brasil, aceitou logo, pois sempre quis trabalhar nas missões estrangeiras. No dia 6 de agosto de 1909, desembarcou no Rio de Janeiro, ao lado de mais quatro confrades. Nunca mais voltaria para rever a pátria. Faleceu no dia 23 de novembro de 1961, na Santa Casa de Goiânia, vítima de um enfisema pulmonar. 

Esses 52 anos no Brasil foram assim distribuídos: cinco anos em algumas paróquias de São Paulo e os outros 47 em Goiás. Durante esses longos anos, ele desenvolveu múltiplas atividades pastorais. Nunca foi Superior canônico. Seu apostolado predileto foram as “desobrigas” no sertão goiano. Percorreu centenas de comunidades, quase sempre a cavalo, tornando-se conhecido e estimado pelo povo. 

Onde mais trabalhou foi em Trindade (GO). Os romeiros iam visitar o Divino Pai Eterno durante a festa, mas não voltavam sem pedir também a bênção do Pe. Pelágio. A Igreja do Santíssimo Redentor, construída na cidade, foi destinada a acolher os restos mortais de Pe. Pelágio. 

Pe. Clóvis agradeceu as orações de todos: “Todos nós agradecemos a Deus e nos felicitamos porque, de algum modo, cada qual colaborou principalmente com suas orações. Nós é que devemos colaborar com nossas orações e ajuda material para ele receber depois o título de Beato e depois Santo”.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store