Notícias

Vila São Cottolengo: período de melhorias

Visando melhor qualidade de vida para os pacientes, a instituição passa por diversas modificações e reformas.

DESTAQUE_FINAL_DE_SEMANA_2015_01_25_003O ano de 2014 foi bastante movimentado na Vila São José Bento Cottolengo, em Trindade (GO). Desde fevereiro passado, o local vem passando por várias mudanças, algumas já foram concluídas, como a reforma da recepção, a construção da nova lojinha e da nova guarita na entrada principal e também a readequação do centro administrativo. Todas essas foram obras rápidas finalizadas antes da Romaria do Divino Pai Eterno.

No segundo semestre, o trabalho seguiu e continua firme. Outras obras estão em andamento e trarão ainda mais benefícios para a instituição e todos os que dela dependem: reforma da Unidade Santa Luisa, construção da nova Unidade São Vicente, readequação do Centro Terapêutico, nova lavanderia, restauração das casas do Núcleo de Integração e Convivência (NIC), limpeza dos lagos e construção do muro.

DESTAQUE_FINAL_DE_SEMANA_2015_01_25_002

Nem mesmo as chuvas da temporada do verão atrapalham a rotina diária dos profissionais envolvidos na obra. “A Unidade Santa Luisa é toda coberta, então estamos trabalhando normalmente. Na Unidade São Vicente tem galpões pré-moldados, todos cobertos. Por isso, o andamento das obras está dentro do cronograma que fizemos para 2014 e 2015”, destaca Reginaldo Teófilo da Silva, que é mestre das obras na instituição.

O gerente de serviços nas obras da Vila, Manuel Braga Neto, afirma que a previsão para este ano é que sejam concluídos os trabalhos nas unidades Santa Luisa e São Vicente. “Em 2015, pretendemos entregar os 90 leitos na Unidade São Vicente e os 29 na Santa Luisa. Para os outros ainda estamos buscando recursos. Então, essas outras unidades ainda não têm data definida. Mas, estamos bem satisfeitos em entregar estes dois”, ressalta.

Mudanças necessárias

DESTAQUE_FINAL_DE_SEMANA_2015_01_25_004“Havia uma necessidade grande de readequar as unidades na Vila e como a maioria eram recursos que vinham do governo federal, por meio das emendas parlamentares, demora muito tempo. Então elas vieram quase que todas de uma vez e elas têm tempo determinado para serem executadas. Então nós tivemos que executar durante o ano de 2014”, revela a diretora administrativa, Ir. Márcia Simões da Rocha, Filha da Caridade de São Vicente de Paulo.

As obras da Vila São Cottolengo têm grande importância, especialmente para os pacientes. A Unidade Santa Luisa está passando por uma readequação de espaço, ampliando banheiros, enfermarias, portas, janelas e colocando os leitos nos seus devidos lugares. Um trabalho mais específico com as características de uma enfermaria hospitalar.

O Centro Terapêutico é um projeto novo que está sendo construído para prestar serviços ligados ao Programa Reabilitar, que tem como especialidade a Medicina Auditiva. A lavanderia também é nova e está sendo edificada em um espaço amplo para que os colaboradores tenham uma estrutura melhor para desempenhar suas funções: lavar, passar e ainda consertar ou fabricar roupas.

DESTAQUE_FINAL_DE_SEMANA_2015_01_25_005

A Unidade São Vicente, que hoje abriga 70 pacientes de casos diferentes, está sendo reconstruída e será dividida em três pavilhões, com 30 leitos cada, onde os pacientes serão alocados de acordo com a sua patologia. Haverá espaço para o banho de sol, posto de enfermagem, enfermarias, refeitório e todo atendimento necessário a esses pacientes.

O NIC, um conjunto de cinco casas, com 12 leitos em cada, também está passando por readequação. Quatro delas já foram finalizadas, além do posto de enfermagem e a sala de convivência. O complexo está quase todo pronto.

Está sendo construído um muro de proteção em torno de cerca 60% dos 300 mil m2 de área total da Vila, para garantir a segurança dos pacientes internos. O local possui ainda quatro lagos e várias nascentes que foram ficando tampadas por conta do mato e da lama e estão passando por uma restauração. Esse trabalho faz parte de um projeto futuro.

“É um sonho do pessoal, terminar o nosso parque ecológico. Já começamos a limpeza das lagoas. E uma riqueza que nós temos aqui são as minas e nós estamos deixando elas bem limpinhas, bem arrumadas, para preservar a natureza, porque a Vila tem esse compromisso também”, pontua irmã Márcia.

Ela completa, dizendo: “Todas as mudanças visam a qualidade de vida dos pacientes, nada é visto por orgulho ou por vaidade. É para criar espaços para que o nosso paciente vá para fora da unidade, tenha mais contato com a natureza”.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store