Notícias

O canto como a melhor forma de agradecimento

O tenor Roberto Ribeiro é um exemplo de gratidão pela vida e dom recebido do Pai Eterno.

DESTAQUE_DIVINA_ARTE_2015_02_02_001O tenor Roberto Ribeiro foi destaque no quadro Divina Arte exibido no Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 2. Devoto do Pai Eterno e de Nossa Senhora, ele afirmou que cantar é sua melhor forma de agradecer pela vida e pelo dom recebido. (Assista ao vídeo abaixo)

“Eu canto Ave Maria de Gounod, às vezes canto também Ave Maria de Schubert, de Somma, de Arcadelt. São vários tipos de Ave Maria”, explicou.

O tenor contou que morava em Brasília quando resolveu, junto à esposa, que viria peregrinar por Trindade (GO): “Por lá a vida estava atribulada em todos os sentidos. Sentado com minha esposa conversando, eu a chamei para fazer uma peregrinação em Trindade para pedir ajuda ao Divino Pai Eterno para que nós tivéssemos mais fé, mais força. A nossa vida começou a melhorar a partir de então. Eu penso que é uma questão de fé, de procura das coisas de Deus, dentro da gente”.

Quando ele e a esposa chegaram a Trindade, a primeira coisa foi agradecer ao Pai Eterno. “Primeiro fomos ao santuário antigo, fizemos orações, depois na Basílica, onde a gente colocou o nome das pessoas que convivem conosco em Brasília. Por ser um lugar sagrado, de oração, de adoração, você se sente diferente, acolhido. Às vezes, quando eu chego à Basílica eu fico com vontade de cantar e chego nas pessoas lá da secretaria e peço, eles me autorizam e eu canto”, contou Roberto Ribeiro.

Veja também:

DESTAQUE_DIVINA_ARTE_2015_02_02_002Para ele, cantar é a melhor forma de agradecer e adorar. “Senti que quando eu canto, também estou agradecendo a Deus. É um dom que eu tenho que sei que foi me dado por Deus. A forma que tenho para agradecer a Ele é cantando”, declarou o tenor.

“A Ave Maria é uma música muito profunda, de um sentimento muito divino, celestial. A intenção é realmente cantar para ela, agradecê-la por estarmos vivos, com saúde e com força”, completou.

Sobre a fé, Roberto deixou uma mensagem para todos: “Que as pessoas entendam que é preciso ter fé. Mas, como ter fé se você não tem um modelo? O nosso modelo de fé é Deus, o nosso Senhor Jesus Cristo e nossa Mãe Santíssima”, afirmou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno