Notícias

Qual a origem do Dia Internacional da Mulher?

Celebradas no dia 8 de março, as mulheres também assumem papéis fundamentais na Igreja.

DESTAQUE_VOCE_SABIA_2015_03_05_002No dia 8 de março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher. A equipe do Programa Pai Eterno foi saber se as mulheres conhecem a origem da data. O destaque foi do quadro Você Sabia?, exibido nesta quinta-feira, 5. (Assista ao vídeo abaixo)

“Não me lembro se foi na Inglaterra que houve uma revolução das mulheres. Elas estavam lutando pelos seus direitos. Houve um massacre, as mulheres foram queimadas dentro de uma fábrica e por isso comemora-se o Dia da Mulher no dia 8 de março”, disse a professora Edna Maria Guedes. A comerciante Raquel Fidélis também arriscou: “Foram queimadas muitas mulheres porque estavam lutando pelos seus direitos”.

A história teve início no final do século XIX, quando centenas de operárias de fábricas da Europa e também dos Estados Unidos fizeram uma grande greve. A reivindicação delas era por melhores condições de trabalho, redução de carga horária e vários outros motivos. Depois disso, centenas de outros protestos aconteceram, e em um deles, as mulheres foram repreendidas em uma das fábricas têxteis. Neste ato, cerca de 130 mulheres morreram. Apenas em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher, mas só em 1977 que a Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu o dia 8 de março como sendo o Dia Internacional da Mulher.

A luta resultou nas conquistas sociais, econômicas e políticas. Dia 8 de março é um dia de alegria, reservado no calendário só para as mulheres. “Mulher é um ser humano que Deus colocou no mundo para gerar, para ser respeitada, amada e para adorar ao Senhor”, afirmou a cabeleireira Letícia Mônica Rodrigues.

Veja também:

DESTAQUE_VOCE_SABIA_2015_03_05_003A Igreja também reconhece a importância delas na doutrina cristã. Várias santas contribuíram muito com a instituição. Hoje, é fácil ver mulheres nas igrejas, doando seu tempo para o bem do próximo. Cheias de coragem, força e determinação, o espaço na sociedade aumenta a cada ano.

“Tem que batalhar, trabalhar, dar exemplo para os nossos filhos, para que as pessoas possam ver que nós realmente somos pessoas que devemos ser bons exemplos”, afirmou a professora Luzinete Pereira de Vasconcelos.

Talentosas e belas, as mulheres alimentam a fé, e seguem em frente sempre com as bênçãos do Divino Pai Eterno. “Ser honesta, amar, ser amada, ter sabedoria para administrar sua família”, pontuou a professora Rita Campêlo da Silva. A funcionária pública Iolanda Ramalho completou: “Precisamos ter sabedoria para ser mulher, administrar a família, a casa,, tem que saber administrar tudo para poder viver bem e ter fé, pois sem fé e sem Deus não somos ninguém”.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store