Notícias

Audiência: sociedade sem crianças é triste e cinzenta

Quarta-feira, 18 de março, Audiência Geral na Praça de S. Pedro: o Papa […]

AP2798319_ArticoloQuarta-feira, 18 de março, Audiência Geral na Praça de S. Pedro: o Papa Francisco propôs uma primeira catequese sobre as crianças. No termo deste primeiro ciclo de catequeses dedicado às diversas figuras da vida familiar, o Santo Padre falou esta semana sobre o grande dom que as crianças representam para a humanidade. Na próxima semana concluirá este ciclo falando sobre as feridas que fazem mal à infância.

Como primeiro olhar sobre as crianças o Papa Francisco afirmou que as crianças são uma riqueza para a humanidade e lembram-nos que todos somos necessitados de ajuda, de amor e de perdão:

“… as crianças, são em si próprias uma riqueza para a humanidade e para a Igreja, porque nos chamam a atenção, constantemente necessária para entrar no Reino de Deus: aquela de não considerarmo-nos autossuficientes, mas necessitados de ajuda, de amor e de perdão.”

O Santo Padre recordou ainda que as crianças lembram-nos a todos que, nos primeiros anos de vida, estivemos totalmente dependentes dos cuidados e solicitude dos outros; mais ainda, recordam-nos que nunca deixamos de ser filhos: mesmo quando uma pessoa chega à idade adulta e se torna pai e mãe.

Segundo o Papa, isto significa que a vida não tem origem em nós mesmos, mas recebemo-la; às vezes corremos o risco de nos esquecermos disto, como se fôssemos nós os senhores da nossa existência. Mas não é assim – garantiu o Santo Padre – somos radicalmente dependentes: “em toda e qualquer idade, situação e condição de vida, somos e permanecemos filhos”.

O Papa Francisco recordou de seguida alguns dons e riquezas que as crianças trazem à humanidade: o seu olhar confiante e puro que vem da sua confiança espontânea e sem malícia; as crianças trazem consigo a capacidade de receber e de dar ternura e principalmente, segundo o Santo Padre, são capazes de sorrir e chorar.

Na realidade, Jesus convida-nos a tornarmo-nos como as crianças, para entrar no Reino de Deus. Elas enchem-nos de vida, alegria, e esperança.

É verdade que acarretam também preocupações e às vezes problemas – salientou o Papa Francisco na conclusão da sua catequese – mas é melhor uma sociedade com estas preocupações e problemas do que uma sociedade triste e cinzenta porque sem crianças.

O Papa Francisco saudou também os peregrinos de língua portuguesa:

“Queridos peregrinos de língua portuguesa, sede bem-vindos! A todos vos saúdo, com menção particular dos grupos paroquiais de Santa Rita e de São Vicente, desejando que possais viver e crescer na amizade com Deus Pai, deixando que o seu amor sempre vos regenere como filhos e vos reconcilie com Ele e com os irmãos. Desça, sobre vós e vossas famílias, a abundância das suas bênçãos.”

O Papa Francisco a todos deu a sua bênção!


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store