Notícias

Ofertório: a entrega e apresentação da vida ao Pai Eterno

Saiba mais sobre a importância e a simbologia desde momento especial da celebração eucarística.

DESTAQUE_FIQUE_POR_DENTRO_2015_05_13_004Através da missa vivemos com Cristo, o Mistério de Sua Vida, Paixão, Morte e Ressurreição. A celebração é dividida em algumas partes e uma delas é o Ofertório. O quadro Fique Por Dentro, exibido no Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 13, abordou a importância e a simbologia deste momento especial da celebração eucarística. (Assista ao vídeo abaixo)

A Liturgia Eucarística começa com o canto de preparação das oferendas. Durante essa parte da celebração, pão, vinho e água são ofertados. Eles geralmente são carregados em procissão e entregues ao sacerdote. Esses elementos foram utilizados por Jesus Cristo na última Ceia e simbolizam a vida de cada fiel sendo apresentada a Deus.

“Aquilo que eles tinham de material e usando destes símbolos Jesus diz: ‘Este não será mais símbolo, mas sim o meu corpo e o meu sangue dado para a vida do mundo, dado para vocês para que continuem a minha missão de levar a todos os corações, agora alimentados com este pão e com este vinho, a boa nova da salvação”, explicou o Pe. Marcelino Ferreira da Costa Neto.

O Ofertório é o momento de oferecer nossas vidas ao Senhor, tudo o que somos e tudo o que temos. E depois, essa oferenda nos é devolvida, transformada em Corpo e Sangue de Cristo. “Ali também o suor do povo, as dificuldades, como também as alegrias, as tristezas de cada homem e de cada mulher, que está na assembleia constituída para que junto, elevado ao Pai, essas oferendas possam ser transformadas no corpo e no sangue de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida do homem e da mulher”, ressaltou Pe. Marcelino.

Veja também:

DESTAQUE_FIQUE_POR_DENTRO_2015_05_13_002O Missionário Redentorista disse ainda que neste momento da missa, os fiéis devem estar em oração e reflexão: “É o momento em que todo o povo de Deus é convidado a fazer sua prece, assim como também nós oferecemos ao Pai nosso dia a dia, nossas orações. Nós oferecemos ao Pai, no momento deste ofertório, todo o nosso desejo de continuar a nossa vida alicerçada na Palavra de Deus, refletindo os mandamentos ofertados na Liturgia da Palavra, e que agora, em forma de prece, nós oferecemos ao Pai para que Ele se agrade dos nossos louvores”.

Durante o momento alguns objetos litúrgicos são utilizados. Padre Marcelino falou sobre cada um: “Temos o vinho e a água, que diante da oração do sacerdote se tornam o sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. Temos uma âmbula que fica com as partículas para serem consagradas hóstias, depois serão o corpo de Jesus Cristo. Temos o cálice e o véu do cálice, que é um pano que o cobre; temos o corporal, que é aberto em cima do altar e as ofertas do pão e do vinho devem ser colocadas em cima dele, ou seja, todo o sacrifício de nosso Senhor Jesus Cristo, através da Santa Missa, no momento do ofertório, tanto o pão como o vinho, são colocados em cima do corporal, não pode-se colocar fora dele porque a intencionalidade do padre é que vai dizer se consagrou ou não as hóstias”.

Como vimos, o ofertório é um momento de extrema importância durante a missa em que nós entregamos a nossa vida a Deus.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store