Notícias

Entrevista: Agosto é o mês das Vocações

Pe. Marcelino fala sobre a importância de ouvir o chamado de Cristo para a vocação.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2015_08_03_006Neste mês de agosto, a Igreja celebra as vocações. A cada semana, somos convidados a refletir e rezar por todos aqueles que, de uma forma ou de outra, exercem seu papel na Igreja, seja no seio da família ou no sacerdócio, vida religiosa e, ainda, no serviço laical. O quadro Entrevista, do Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 3, traz um bate-papo com o Missionário Redentorista, Pe. Marcelino Ferreira.

Talíta Carvalho: Padre, por que celebrar o Mês Vocacional?

Pe. Marcelino Ferreira: Deus nos criou como filhos e filhas Dele. Por isso, a primeira vocação de todo cristão é a vida filial. Depois, as várias dimensões vocacionais na Igreja, como a matrimonial, a laica, para a vida religiosa consagrada, sendo padre ou religioso em alguma congregação.

Talíta Carvalho: Durante todo o mês de agosto, como esse tema é trabalhado em cada paróquia?

Pe. Marcelino Ferreira: Cada paróquia tem seu grupo vocacional, tem o seu momento de reflexão. Todo o mês é dedicado a esse momento singular de olhar com carinho as vocações específicas da Igreja.

Talíta Carvalho: O que as vocações representam na vida dos cristãos, e de que forma eles devem vivenciar esse tema?

Pe. Marcelino Ferreira: Cada homem e cada mulher, que crê e espera no Senhor, faz a sua experiência íntima com Deus. Não é qualquer pessoa que chama, é Cristo que chama. E esse desejo é um desejo do Senhor, não é meu desejo. Você pode questionar quando qualquer pessoa diz que tem vontade de ser religioso, ou se casar por força própria. É Cristo que chama para uma dimensão específica vocacional. Cristo chama para o sacerdócio, para a vida religiosa consagrada, chama para viver a vida em casal, no matrimônio, e chama também aqueles que querem viver a vida laica. Tudo na vida tem um chamado do Senhor.

Talíta Carvalho: Durante este mês, essas pessoas podem procurar a Igreja para descobrir e saber como despertar essas vocações?

Pe. Marcelino Ferreira: Sim. De maneira especial, este mês é totalmente voltado para esta realidade. Mas não somente este mês, como em todos os meses da vida litúrgica da Igreja. Somos homens e mulheres pecadores e limitados, mas é o próprio Cristo que nos chamou a viver esta santidade de Cristo dentro da vida eclesial e ministerial da Igreja.

Talíta Carvalho: Qual a mensagem que o senhor deixa para os filhos e filhas do Divino Pai Eterno?

Pe. Marcelino Ferreira: Convido a cada um de vocês, homens e mulheres de fé, filhos e filhas do Pai Eterno, a também rezar por cada um de nós, pela sua Igreja, pelo seu pároco, pelo seu bispo e por aquele jovem que sente o desejo de anunciar o Evangelho a partir da redenção de Jesus Cristo.

O Programa Pai Eterno vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store