Notícias

A missão da Pastoral da Criança

Coordenadora arquidiocesana, Ana Amélia de Oliveira, falou sobre a educação religiosa para as crianças.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2015_10_12_002Hoje, 12 de outubro, é celebrado o Dia das Crianças e por isso o Programa Pai Eterno exibiu uma entrevista com quem entende do assunto dentro da Igreja. O bate-papo foi com a coordenadora arquidiocesana da Pastoral da Criança em Goiânia, Ana Amélia de Oliveira, que falou sobre a educação religiosa para as crianças. (Assista ao vídeo abaixo)

Douglas Branquinho: O que é e qual é a missão da Pastoral da Criança?

Ana Amélia de Oliveira: Partindo do apoio dos padres das paróquias, que tem nos ajudado bastante, contribuído para que isso aconteça nas comunidades, nós partimos para fazer um trabalho de motivação dentro da comunidade, aquela comunidade que está um pouco a desejar. A missão da Pastoral da Criança é caminhar com Jesus, ficar com Jesus. Essa é a missão principal, contribuindo com as famílias para que elas possam desenvolver o Evangelho, identificar as palavras de Deus dentro do Evangelho.

Douglas Branquinho: De que forma vocês evangelizam dentro deste trabalho?

Ana Amélia de Oliveira: Através do desenvolvimento das ações básicas de saúde como a educação, alimentação, cidadania. Temos várias ações dentro da Pastoral da Criança que contribui para este desenvolvimento integral das crianças para que elas possam se desenvolver bem, crescer saudáveis.

Douglas Branquinho: O devoto Fábio Regina, de Osasco (SP), nos mandou uma pergunta. Ele diz: Este trabalho requer muito amor e dedicação. Ser um voluntário não é qualquer coisa, e sim, um chamado do Pai Eterno. Ele quer saber por que são todas as paróquias que tem esse trabalho da Pastoral da Criança.

Ana Amélia de Oliveira: Infelizmente não são todas as paróquias. As vezes acontece de naquela comunidade, isso eu estou dizendo às vezes, pode acontecer isso e pode não acontecer. Às vezes nós não encontramos pessoas que se dispõe a doar uma pequena parte do seu tempo em favor da fé e da vida, em favor do seu próximo, ajudando aquelas crianças mais carentes, ajudando as gestantes, as famílias necessitadas.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2015_10_12_001Douglas Branquinho: Agora, a pergunta da Maria Isabel, de Curitiba (PR), que inclusive é a sede da pastoral nacional. Ela pergunta: Como faço para ajudar com o meu trabalho?

Ana Amélia de Oliveira: É simples. É só você nos procurar, o nosso telefone está no site da Pastoral da Criança e nosso email também. Você também pode procurar aí em Curitiba a sede nacional, lá você vai receber todas as orientações possíveis para que você possa ingressar na pastoral da criança como uma líder ou como uma pessoa de apoio na comunidade. Em qualquer lugar, qualquer pessoa, pode nos procurar. Nós estamos a disposição e de braços abertos para receber as pessoas que queriam abraçar essa causa. Pode procurar o pároco local, a diocese ou, até mesmo, o coordenador de setor da diocese.

Douglas Branquinho: Qual é a mensagem que a senhora deixa para as crianças, os devotinhos do Pai Eterno de todo o Brasil?

Ana Amélia de Oliveira: Eu queria deixar uma mensagem a todas as crianças para que elas obedeçam seus pais, sigam as orientações das suas família, principalmente do seu pai e da sua mãe. Esta é a minha mensagem principal. Seguir os passos e as Palavras de Jesus também, pois ele disse: “Deixai vir a mim as crianças, pois delas será o Reino de Deus”.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno