Notícias

Saiba mais sobre importantes lugares de Jerusalém

Locais onde Jesus viveu com Maria parte da sua Vida, sofreu a Paixão e Morte na cruz.

DESTAQUE_ESPECIAL_11_09_001O Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 9, continuou mostrando os lugares sagrados de Jerusalém, onde Jesus viveu parte de sua Vida, mas também sofreu a Paixão e a Morte na cruz. O Programa já mostrou a Via Dolorosa e a Igreja onde fica o Santo Sepulcro. Hoje, mais detalhes do lugar onde Maria teria vivido após a ressurreição de seu filho Jesus. (Assista ao vídeo abaixo)

A Abadia da Dormição, cuidada por freis da ordem de São Bento, os beneditinos, é o local onde Maria teria caído em sono profundo na companhia dos apóstolos e, em seguida, foi assunta ao céu. “A Abadia está situada no local exato onde, segundo a tradição, Maria, a mãe de Jesus, viveu após a ressurreição de seu filho. Então, depois que Jesus ressuscitou, sua mãe veio viver por aqui, onde existiria uma casa, onde tinha outros parentes dela e aqui ela adormeceu no senhor, e, como nós acreditamos no dogma, foi elevada ao céu”, explicou Frei Lino Moreira, responsável pela acolhida aos peregrinos.

No local, Pe. Robson vai contemplar os Mistérios do Santo Terço em um dos nove dias do segundo ciclo novenário na Terra Santa. Além da parte superior da Igreja com um grande mosaico central retratando a Imagem de Nossa Senhora segurando o menino Jesus, este local ainda guarda uma surpresa para os fiéis que veneram Maria.

No subsolo da Abadia da Dormição tem uma cripta. O cenário relembra os últimos momentos da vida de Maria. É possível ver uma Imagem que mostra Maria em sono profundo. Em volta, as doze colunas representam os doze apóstolos que estavam com a mãe de Jesus, nos últimos momentos de sua vida.

Veja também:

DESTAQUE_ESPECIAL_11_09_002“A assunção de Maria que é o dogma que se sublinha neste local, uma vez que foi aqui que ela morreu, quer dizer que Maria ressuscitou e que teve o privilégio de não passar pela corrupção do túmulo, tal como seu filho”, ressaltou Frei Lino.

Ao lado da Abadia da Dormição, outro lugar marca a convivência de Jesus com os apóstolos e a presença de Maria entre os discípulos, após a ressureição do filho: o Cenáculo. Aqui teriam acontecido três episódios importantes retratados pela Bíblia Sagrada e celebrados, hoje, pelos católicos. É uma pequena estrutura de dois andares. No andar de cima, provavelmente, Jesus celebrou a Santa e Última Ceia e, em seguida, lavou os pés dos discípulos, como gesto de amor e humildade.

O Cenáculo também está associado a Pentecostes. Segundo uma tradição do século IV, foi no local que aconteceu a vinda do Espírito Santo sobre Maria e os apóstolos de Cristo.

“Estudos literários tem confirmado cada vez mais a hipótese de que Maria viveu aqui, e se ela viveu aqui, também conviveu aqui com os discípulos, e este é um dos locais onde provavelmente será realizado o Pentecostes”, disse Frei Lino.

Em Jerusalém está também a Igreja de Sant’Anna, que fica entre as muralhas da Cidade Velha da capital de Israel. Anna foi a mãe de Maria e a Igreja marca o lugar onde Nossa Senhora teria nascido. No local, Pe. Robson celebrou a Santa Missa. Maria foi fundamental na história de salvação, preparada pelo Pai Eterno a toda humanidade. Por isso, é importante relembrar seus passos, sua vida e sua presença na vida Jesus.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store