Catequese

Igreja celebra a Conversão de São Paulo

Ir. Diego Joaquim fala sobre o apóstolo, exemplo de como é possível mudar de vida por meio da fé cristã.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2016_01_25_002A Igreja celebra nesta segunda-feira, 25, a Festa Litúrgica da Conversão de São Paulo. Sobre este tema, o Programa Pai Eterno exibiu entrevista com o Ir. Diego Joaquim. O Missionário Redentorista falou sobre o significado da celebração e explicou por que São Paulo é um exemplo de conversão à Igreja. (Assista ao vídeo abaixo)

Talitta Di Martino: Quem foi São Paulo?

Ir. Diego Joaquim: São Paulo é o apóstolo dos gentios. Vamos dizer que a Igreja tem duas colunas: a primeira, São Pedro, o chefe dos apóstolos, o primeiro Papa da história da Igreja; e São Paulo que é a segunda coluna, que leva a Igreja e revela à Igreja sua dimensão missionária, porque anunciou a fé cristã, a mensagem de Jesus para fora do mundo judaico.

Talitta Di Martino: Como eu já disse, é Festa da Conversão de São Paulo. Por que dedicar um dia para celebrar essa data?

Ir. Diego Joaquim: É um destaque que alguns santos têm no calendário da Igreja. Normalmente nós celebramos no dia da morte do santo, que é a passagem para a vida eterna. No caso, de São Paulo, celebramos o nascimento dele para a vida missionária, o dia da sua conversão, o dia daquele encontro com Jesus em Damasco.

Talitta Di Martino: São Paulo é exemplo de conversão. Como que nós podemos tomar para as nossas vidas, enquanto cristãos, essa conversão de São Paulo, que era perseguidor dos cristãos e hoje é santo da nossa Igreja?

DESTAQUE_ENTREVISTA_2016_01_25_001Ir. Diego Joaquim: Quando Paulo de Tarso cai do cavalo e contempla Jesus, ele responde ao Senhor: “O que queres que eu faça?” Então, quando a gente cai do cavalo, das nossas certezas, temos que olhar para Jesus e falar: “E agora, Senhor, o que queres que eu faça?”. E Ele responde, aponta um caminho missionário. Então, a conversão é essa mudança de vida, que nós também somos chamados a fazer a cada vez que nos encontramos com o Senhor.

Talitta Di Martino: O mesmo com a evangelização, pois São Paulo, após a conversão passou a evangelizar, a levar a boa nova de Jesus Cristo. É um exemplo de evangelização para nós?

Ir. Diego Joaquim: Sem dúvidas. E também de como nós temos que assumir todas as consequências da evangelização. O Papa Bento XVI, no documento de Aparecida, desde a reflexão, ele lembrava, é o encontro pessoal e transformador que casa pessoa tem com Jesus que nos leva à missão. E São Paulo é um exemplo disso.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store