Catequese

Papa: “A única estrada para a humildade é a humilhação”

“A humildade é o caminho da santidade.” Foi o que disse o Papa […]

OSSROM93270_Articolo“A humildade é o caminho da santidade.” Foi o que disse o Papa na missa matutina desta segunda-feira (1º/02), na Casa Santa Marta.

Na homilia, Francisco se deteve sobre a pessoa de Davi, “pecador santo”. O Rei Davi “está a um passo de entrar na corrupção”, mas o profeta Natã, enviado de Deus, lhe faz entender o mal que havia feito. Davi é pecador, mas não corrupto, porque, disse o Papa, “um corrupto não se dá conta de que é corrupto”:

“É necessária uma graça especial para mudar o coração de um corrupto. Davi, que tinha o coração nobre, reconhece a sua culpa. E o que Natã diz? “O Senhor perdoa o seu pecado, mas a corrupção que você semeou crescerá. Você matou um inocente para encobrir um adultério. A espada nunca se distanciará de sua casa. Deus perdoa o pecado, Davi se converte, mas as feridas de uma corrupção dificilmente se curam. Vemos isso em muitas partes do mundo.”

Salvação

Davi tem de enfrentar o filho Absalão, corrupto, que faz guerra contra ele. Mas o rei reúne o seus e decide deixar a cidade e permite à Arca de voltar, não usa Deus para se defender. Ele vai embora “para salvar o seu povo”. “Este é o caminho de santidade que Davi, depois daquele momento em que entrou na corrupção, começa a percorrer”, disse o Papa.

Davi, chorando e com a cabeça coberta, deixa a cidade e tem quem o segue para insultá-lo. Um deles é Semei que o chama de sanguinário, o amaldiçoa. “Davi aceita isto porque,” afirma o Pontífice, “se amaldiçoa, foi porque o Senhor” lhe disse:

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store