Evangelização

Dia 1º de agosto, a Igreja celebra Santo Afonso Maria de Ligório

Dentre os feitos mais importantes da história deste santo, está a fundação da Congregação do Santíssimo Redentor.

Dia 1º de agosto, o calendário litúrgico nos convida a celebrar a memória de Santo Afonso Maria de Ligório. Fique por dentro desta data no Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 27.

Bispo, confessor e doutor da Igreja, Santo Afonso de Ligório nasceu em Nápoles, na Itália. Ele se destacou pela fé que tinha. Dentre os feitos mais importantes da história deste santo, está a fundação da Congregação do Santíssimo Redentor.

DESTAQUE_FIQUE_POR_DENTRO_2016_07_27_001“Ele começou o trabalho na cidade de Nápoles. Jovem ainda, sente o cansaço do trabalho e vai mais ao sul da Itália para repouso. Quando chega à região de Scala, ele vê a miséria do povo, dos cabreiros das montanhas, que não tinham nenhuma assistência religiosa. Ao invés de repousar, ele sente a miséria, sente compaixão e necessidade de ajudar aquele povo”, explicou o Missionário Redentorista Pe. Jesus Flores.

Aos 16 anos, Afonso de Ligório se formou em direito. Chegou a exercer a profissão por um tempo, mas acabou desistindo para seguir os caminhos da religiosidade. “Uma vida cheia de momentos marcantes. O primeiro momento foi a derrota que ele teve nos tribunais de Nápoles por suborno. Seus adversários, por suborno, venceram. Foi aí que ele abandonou a vida nos tribunais. Partiu para a vida religiosa”, disse Pe. Jesus Flores.

DESTAQUE_FIQUE_POR_DENTRO_2016_07_27_002

Santo Afonso colocou todos os dons a serviço da Igreja. Converteu pecadores, se preocupou com pobres e santificou muitas famílias. Uma forma de vida que influencia, até hoje, a missão dos religiosos. “A preocupação em atender aos mais pobres e necessitados. Essa tem que ser a nossa característica, se quisermos ser fiéis ao legado de Santo Afonso”, contou Pe. Jesus.

Na vida deste santo, o que ficou foi a lição de confiança e perseverança. Foram muitos os momentos difíceis enfrentados por ele. Mas, nem isso o fez desistir de buscar a santidade. Santo Afonso morreu aos 91 anos, deixando um legado de muita fé. “Uma fé tão profunda que, apesar do trabalho, fez o voto de não perder um minuto do dia. Ele reservava oito horas para rezar”, concluiu o Missionário Redentorista.

Veja também:

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno