Notícias

Prova de amor em pares de chinelos

Projeto Compaixão arrecada chinelos para serem doados a pessoas carentes.

DESTAQUE_ATITIUDE_CRISTA_2016_08_01_002Depois de uma viagem à África, Betty Mae Agi sentiu que precisava fazer algo para melhorar a vida dos mais necessitados. Ela reuniu um grupo de amigos e voluntários e, desde então, já ajudou milhares de pessoas em todo o mundo. Este assunto foi destaque no quadro “Atitude Cristã”, do Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 1º.

De todos os tamanhos e cores, o grupo trabalha na arrecadação de chinelos para serem doados a pessoas carentes. O projeto começou a ser pensado em 2011. “Em uma aula de dança, uma das crianças apareceu chorando. Ela estava descalço, na areia quente. Com os pés machucados, a areia entrava nas feridas. Minha reação foi que ela calçasse um chinelo na hora. Ela me disse que não tinha”, explicou Betty, coordenadora do grupo.

DESTAQUE_ATITIUDE_CRISTA_2016_08_01_004O Projeto Compaixão foi colocado em prática há quatro anos, em Anápolis (GO). De lá para cá, o grupo já enviou doações para nove estados no Brasil e doze países. “Até hoje, a gente vive de milagres mesmo. Porque chegamos a 22 mil pares de chinelos e a maior doação que tivemos até hoje foi de mil pares de uma só vez. Fora isso, recebemos de 100 em 100, 10 em 10”, disse Betty.

As doações vão a quem precisa por correio ou por transportadora. Para muitos lugares, são os voluntários que viajam para fazer a entrega, além de ministrar oficinas. “Tivemos a ideia através de uma estudante de Moçambique para que conseguirem uma renda por meio da doação de chinelo. Para que pudessem pagar suas contas”, contou Natacha Katiuscia Desingrini, voluntária.

A maior parte dos contatos a feita por uma Fan page. Mensagens de gente que precisa ou deseja ajudar. O grupo só recebe doação de chinelos novinhos, que junca foram usados. “Nós seguimos um Deus que sempre nos deu o melhor. Se somos filhos de Deus, temos que reproduzir os atos Dele e dar aquilo que de melhor temos. Por isso priorizamos pares novos. É uma prova de amor, não somente um par de chinelos”, explicou Betty.

“O amor tem que ser prático. Não tem como eu falar que vou levar uma mensagem de amor, mas eu estou calçada e você não”, concluiu Betty.

Veja também:

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store