Segundo semestre nas Obras Sociais Redentoristas

Voluntários e funcionários passaram por um processo de planejamento e formação em prol dos atendidos.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2016_08_02_003Depois do recesso, chegou o momento de retomar as atividades para as famílias carentes nas Obras Sociais Redentoristas. Todos os voluntários e funcionários passaram por um processo de planejamento e formação para melhor trabalhar em prol dos atendidos das instituições de caridade. Este assunto foi destaque no quadro Em Nome da Vida de hoje.

A semana de formação e capacitação marcou a volta ao trabalho do grupo. Em um dos dias, as dinâmicas fortaleceram o lado pessoal e profissional de cada um. Dessa vez, a convidada para coordenar as dinâmicas foi a Ir. Rita Petra Kallabis, Missionária de Cristo. O tema foi “A Terra é viva e nós somos parte dela”, uma referência à Campanha da Fraternidade de 2016.

“Hoje, nós tentamos nos apropriar daquilo que sabemos e entender também que fazemos parte da Mãe Natureza. Tentamos entender que tudo acontece de forma cíclica. A natureza produz, usa, decompõe e depois produz de novo. E nós somos parte desse processo. A partir disso, refletimos sobre a nossa prática no uso dos produtos”, explicou Ir. Rita.

Cerca de 50 colaboradores participaram da semana de capacitação que aconteceu no Centro Social Pai Eterno (Cespe). Voluntários, educadores sociais, serviços gerais. Todos unidos em ´prol do amor ao próximo.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2016_08_02_007“É um momento de convivência. Todo retorno de semestre temos que fazer o momento de acolhida, para que os colaboradores se sintam membros desta obra de amor, deste trabalho social. Então, o intuito da semana de formação é fazer com que os colaboradores abracem a causa. Um diferencial neste semestre é que conseguimos engajar, na mesma formação, nossos voluntários e bolsistas. Isso é muito bom. É uma forma de evangelizarmos quem nos procura”, afirmou Pe. Reinaldo Martins, diretor das Obras Sociais Redentoristas.

Durante os dias de capacitação, o treinamento contou com representantes de todas as Obras Sociais Redentoristas de Goiás. Além de ouvir, eles levaram muita experiência para o grupo. Muitas ideias foram levantadas sobre como reutilizar, repensar e reciclar muita coisa que se usa no dia a dia, com atitudes simples.

De cuidados com o corpo à cozinha, a professora Elza Amada dos Santos ensina receitas que usa na Escola Família Agrícola de Uirapuru (EFAU): “Da casca da banana, a gente pica e bate no liquidificador com creme de pele. Isso serve para rachadura nos pés, por exemplo”.

O aspecto visual ajuda na conscientização diária. Por isso, o grupo pintou tambores que vão ser utilizados na coleta de resíduos. Eles também espalharam adesivo pelo centro social.

Veja também:

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store