Doação

Recuperação física e espiritual para dependentes químicos

Associação Júlio Negrizzolo, em São Sebastião (DF), acolhe pessoas que buscam um recomeço de vida.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2016_09_29_004Ontem o Programa Pai Eterno mostrou como é o trabalho realizado na Creche Promovida, em São Sebastião (DF), que acolhe crianças e adolescentes carentes. Na edição desta quinta-feira, 29, o quadro “Em Nome da Vida”, destacou mais uma instituição da cidade: a Associação Padre Júlio Negrizzolo, que promove a recuperação de dependentes químicos. (Assista ao vídeo abaixo)

Há dois anos, na zona rural de São Sebastião, um sonho começava a se concretizar. “Com a graça de Deus, nós conseguimos uma doação de mil metros de terra. Quando eu cheguei aqui, vi o ambiente, o espaço, a natureza agradável. Então, negociamos o restante das terras e estamos construindo esse espaço que chamamos de um projeto de restauração”, explicou o presidente da Associação Padre Júlio Negrizzolo, Vanilson Sousa Silva.

A ideia era ter um lugar voltado para a recuperação de dependentes químicos, mas tudo começou com a evangelização e a união de um grupo de fiéis da Igreja Católica. “Nos inspiramos na Parábola do Bom Samaritano. Então, as pessoas estão caídas a beira do caminho; seja pelas drogas, pelas circunstâncias diversas da vida, e nós queremos ser esse bom samaritano, ajudando as pessoas a se levantar. Aqui é como uma hospedaria, onde a pessoa vem, se recompõe para poder voltar para sua família e atividades diárias”, ressaltou Pe. Vanilson.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2016_09_29_002Atualmente, são 12 dependentes químicos em busca de um recomeço. Na Associação Padre Júlio Negrizzolo, a recuperação da dependência química acontece através da transformação espiritual e da atitude de mudança de vida na vivência da fé. O ambiente é acolhedor e propício à reflexão e comunhão com Deus. Além da oração, a natureza, que aproxima o homem da criação divina.

São momentos em comunhão com Deus durante o dia. As orações, as músicas são todas voltadas para a cura e libertação. Para ajudar no cuidado e na recuperação dos dependentes químicos, Pe. Vanilson conta com o auxílio de leigos que entregam suas vidas à Igreja e nos serviço ao próximo. Toda a ajuda é voluntária. “Temos a cardiologista, psicóloga, fisioterapeuta, dentista, e uma enfermeira”, pontuou Valfredo Barros da Silva Júnior, membro da Comunidade Rosa Mística, monitor e formador da Associação.

Além de oficinas de pintura e artesanato, a laborterapia é praticada no processo de recuperação. Por isso, são os residentes que cuidam da chácara e se revezam entre os serviços domésticos e o cuidado com os animais e as plantações. O residente José Gino Filho, 54 anos, chegou à Associação bem debilitado por conta do vício. “Eu vim para ficar firme e recomeçar, pois na situação que eu me encontrava não era bom. Então, eu tive essa oportunidade de vir e encontrar essas pessoas abençoadas que me acolheram aqui. Eu estou tranquilo e me sentindo muito bem”, declarou.

Veja também:

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2016_09_29_007Conceição de Maria Ferra de Carvalho é enfermeira voluntária na Associação. “Eu sempre trabalhei para Jesus. Então, eu sentia necessidade de vir para cá. Como estou morando perto, eu estou ajudando aqui. Se eu não vier na semana, pelo menos no fim de semana eu venho. É um compromisso que tenho com Deus e com eles”, afirmou.

No espaço em frente ao rincão, ficam a livraria com diversos artigos religiosos e também o bazar que vende de tudo um pouco, desde utensílios domésticos a roupas femininas, masculinas e infantis.

São duas casas. Uma se chama São José, e é onde ficam a cozinha, o refeitório, capela e os dormitórios da comunidade de vida Rosa Mística. A outra chama-se Santa Terezinha, onde ficam os residentes atendidos pela Associação. São eles que cuidam de tudo, inclusive do jardim.

São dois anos de um trabalho que não para. Mais um refeitório está sendo construído. A expectativa é que essa obra cresça cada vez mais para ajudar mais pessoas a deixarem a dependência química.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2016_09_29_006A ideia é continuar ampliando para que num futuro bem próximo a Associação tenha capacidade para acolher ainda mais residentes e oferecer ainda mais espaço e acolhida cada vez mais digna para aqueles que querem recomeçar a vida longe dos vícios e das drogas.

“Agora está sendo um pouco diferente, talvez pelo meu amadurecimento, mas aqui é um lugar diferente, místico. Nossa Senhora Rosa Mística está muito presente aqui, eu sinto. Está acontecendo uma cura, mas uma cura interior, espiritual, a física vem com o tempo, com três meses aqui já começamos a ficar desintoxicados, mas espiritualmente, a cura já é desde o começo”, declarou o residente Daniel Braga Barbosa Alves de Melo, 38 anos.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store