Evangelização

Quaresma: Tempo propício para praticar a caridade

Dona de casa sempre ajuda o próximo, mas neste período intensifica os trabalhos.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2017_02_14_002A Igreja nos orienta sobre a conduta com a qual devemos viver o Tempo Quaresmal. São três pontos que compõem o tripé da vivência da Quaresma: a caridade, a penitência e a oração. O quadro “Em Nome da Vida”, exibido no Programa Pai Eterno desta terça-feira, 14, destacou a caridade com o exemplo da dona de casa Maria Alves da Rocha, devota que se preocupa sempre, em especial na Quaresma, em ajudar o próximo. (Assista ao vídeo abaixo)

De acordo com Pe. Abdon Dias Guimarães, a caridade deve ser vista como um ato de amor na essência, sempre tendo como referência a passagem bíblica que diz: não deixes sua mão esquerda saber o que faz a direita. “A gente recorda São Paulo quando ele diz ‘Ainda que eu fale todas as línguas dos homens e dos anjos, se eu n tiver a caridade, de nada me adiantará’, pois a caridade é que norteia toda a nossa vida. Nós somos seres de reação. Todos os dias estamos esbarrando uns com os outros, convivendo com o outro. Imagina viver em um mundo onde a gente não tem caridade com ninguém, onde não vamos renunciar o nosso egoísmo, e que pensemos só em nós mesmos? Então, a caridade é abrir-se para a outra pessoa”, ressaltou.

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2017_02_14_001No Brasil, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sempre propõe ações com a Campanha da Fraternidade. “Este ano, para nós está falando sobre fraternidade, e a natureza, os nossos biomas do Brasil. O convite é para nós olharmos para os nossos biomas que estão acabando, que nós não estamos preservando. Se a gente não cuida, estamos faltando com a caridade, não estamos vivendo aquilo que Deus pediu”, afirmou Pe. Abdon.

Veja também:

DESTAQUE_EM_NOME_DA_VIDA_2017_02_14_003

A dona de casa Maria Alves da Rocha vive em Trindade, e pensa que viver bem a Quaresma é também demonstrar amor a Jesus Cristo. Ela possui deficiência visual, mas nenhuma dificuldade a impede de ser atuante na caridade junto à Pastoral Familiar da Paróquia Divino Pai Eterno. Na Quaresma eles intensificam os trabalhos. “Visitando as famílias de casa em casa, conhecendo a necessidade básica de cada um e solicitando ajuda, promovendo cesta, pedindo de boca em boca, a quem pode ajudar”, afirmou Maria Alves.

Para a devota, a caridade é a fé em ação, é amar o próximo como a ti mesmo. “Na Quaresma devemos ajudar ainda mais. É o tempo propício para a gente recordar a necessidade do nosso próximo, de quem mais precisa de nós. É um tempo muito forte para a gente parar e fazer essa prática. Na Quaresma ficamos mais antenados, apesar de devermos ajudar sempre, todos os dias”, declarou a dona de casa.

Ela se sente bem em ajudar, e pensa que a caridade é um dom que o Pai Eterno nos dá. “Agradeço a Deus por eu ter esse dom de estar nesse momento de ajudar as pessoas. Eu me sinto muito feliz, durmo despreocupada, quando eu sei que eu pude servir meu irmão que está precisando”, concluiu Maria.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno