Devoção

Leigos participam do Mistério da Liturgia

Serviço na Igreja exige dedicação, estudo, preparação e reflexão da Palavra de Deus.

O quadro “Em Nome da Vida” desta semana está mostrando a participação dos leigos na Igreja. No Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 1º de março, aqueles que participam ativamente da Liturgia foram destaque. (Assista ao vídeo abaixo)

O Ministério de Liturgia é muito importante. Um serviço que exige estudo, reflexão e ação. Uma celebração que edifica e busca a santidade depende muito da boa organização desse trabalho, que possui várias funções. “O mistério sagrado da Santa Missa é a fonte e o ápice da vida da Igreja e o leigo participa de forma ativa, não assistindo a Santa Missa, mas vivenciando o mistério celebrado. E dentre as funções que ele pode desempenhar colaborando com o sacerdote que preside a celebração, estão a de leitor, animador, aquele que proclama o salmo, seja ele cantado ou lido, a equipe de canto que pode ser um coral ou um ministério de música, e também os acólitos”, ressaltou Pe. Welinton Silva.

Ainda de acordo com o sacerdote, os leitores, em especial, precisam de profunda formação, já que cabe a eles comunicar a Palavra. “Ao fazer este momento acontecer, o leitor deve mergulhar na espiritualidade bíblica, fazer da sua vida uma vida que implique também em relações com a Palavra de maior intimidade. Não somente ler a Palavra na Santa Missa, mas buscar antes mesmo do Mistério celebrado, aprofundar-se na leitura, a fim de que o Mistério seja bem proclamado e compreendido pela comunidade de forma geral”, concluiu Pe. Welinton.

Veja também:

A Cássia Fernandes e a Osmarina Santana Macedo atuam como leitoras. Uma no Santuário Basílica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e a outra no Santuário Sagrada Família, ambos em Goiânia (GO). “Nós pegamos as leituras um fim de semana antes das missas, nós fazemos a leitura, preparamos antes, entramos no clima de preparação para sair tudo certo. Eu gosto muito de ler, sempre gostei de ler e compreender a Palavra de Deus. E isso faz bem para nós. Estamos lá em cima e para as pessoas somos uma referência e, às vezes, elas se comovem e se identificam, também querem servir. Fazemos isso com muito carinho e dedicação”, disse Cássia.

Cada pessoa nasce com uma vocação dada pelo Pai Eterno. E foi com esse chamado que elas decidiram servir nesta função.  “O que motivou foi o chamado de Deus, pois quando Ele escolhe as pessoas, Ele vai bem no fundo. Eu tinha o desejo muito grande de servir na Igreja, mas eu imaginava que o meu serviço seria no Ministério de Música, mas Deus preparou a Liturgia para mim”, concluiu Osmarina.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store