Evangelização

Obras Sociais trabalham tema da Campanha da Fraternidade

Atendidos e comunidades participam de cursos, palestras, oficinas e outras ações planejadas.

Todo ano a Igreja Católica no Brasil realiza a Campanha da Fraternidade. Os temas costumam envolver as comunidades para que façam ações pastorais no país inteiro. Este ano, o tema a ser trabalhado é: “Fraternidade: Biomas brasileiros e defesa da vida”, com o lema “Cultivar e guardar a criação”. O destaque foi do quadro Em Nome da Via, exibido no Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 8. (Assista ao vídeo abaixo) 

A Campanha da Fraternidade é marcada por temas atuais e sempre tem o objetivo de envolver as pessoas, em todo o país, em trabalhos a favor da solidariedade. A cada ano, os temas propõem uma transformação social e comunitária. Nas Obras Sociais Redentoristas sempre têm diversas atividades ao longo do ano relacionadas à Campanha. No Centro Social Pai Eterno (Cespe), por exemplo, já está tudo planejado. “Começamos as celebrações em cada centro social abrindo o tema da Campanha da Fraternidade. Cada mês teremos uma atividade voltadas tanto para as crianças como também para a comunidade. Queremos voltar o nosso olhar, o nosso compromisso, mudar a nossa atitude para com a vida que está ao nosso redor. Essa é a importância para nós”, afirmou a psicóloga Regina Marta Pereira Morais.

Dentro das ações promovidas, a Oficina de Aproveitamento Alimentar é uma das mais procuradas pela comunidade. O evento começou com uma palestra do auditório Dom José Rodrigues, no Complexo Cespe/Cecam.

Veja também:

Os participantes receberam um pequeno livro com as receitas apresentadas. E foram convidados a ver como pode ser feito na prática. O nutricionista Túlio Rodrigues mostrou como tornar a alimentação mais nutritiva reaproveitando coisas que talvez fossem para o lixo. “Normalmente os alimentos têm uma quantidade de nutrientes muito maior na casca, talo, folha e a gente fica desperdiçando algo que é muito valioso para gente.  Na verdade o reaproveitamento não é algo novo, os nossos avós já faziam doces de casas, pudim de pão amanhecido, biscoito de nata”, ressaltou.

Olhares atentos a cada passo. Depois tudo será aplicado no dia a dia. “A importância maior é a economia caseira, pois você aprender a reaproveitar e aumenta a quantidade do que vai fazer, diminui as despesas. A questão é ser saudável, chega de comida industrializada”, comentou a fisioterapeuta Denise Lopes Vieira Rodrigues.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno