Evangelização

Renovação Carismática Católica completa 50 anos

O movimento surgiu em 1967, nos Estados Unidos, e, desde então, vem conquistando cada vez mais fiéis católicos.

A Renovação Carismática Católica (RCC) está completando 50 anos de existência e o Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 27, traz uma entrevista com o presidente do Conselho da RCC de Goiás, Vicente Machado, que falou sobre esse movimento de muito louvor da Igreja Católica. O grupo cresce a cada dia e conquista cada vez mais fiéis católicos, pela maneira alegre e profunda de falar com o Pai Eterno.

Douglas Branquinho: O que é a Renovação Carismática Católica e como ela surgiu?

Vicente Machado: É um movimento da Igreja Católica que surgiu em 1967 nos Estados Unidos, com um grupo de jovens em uma universidade. Eles se reuniram em um final de semana, em um retiro, querendo fazer uma nova experiência. Não sabiam direito o que estavam fazendo ali. Narra a história que, em um determinado momento, alguns deles subiram para a capela para rezar e ali, estavam refletindo o livro dos Atos dos Apóstolos, principalmente quando fala sobre Pentecostes. E aqueles jovens que estavam ali fizeram uma experiência que nós chamamos de batismo no Espírito Santo, ou efusão do Espírito Santo. Eles liam que houve a manifestação de carismas, oraram em línguas diferentes e tudo isso aconteceu lá naquele retiro. Dali, surge em todos os Estados Unidos e depois chega em todos os continentes esse movimento chamado Renovação Carismática Católica.

Douglas Branquinho: Como a RCC se insere no contexto da Igreja? E também, quais são as diferenças entre os encontros e as atividades paroquiais?

Vicente Machado: Assim como todo movimento e toda pastoral da Igreja, tem a raiz no seu bispo. No nosso caso, aqui na Arquidiocese de Goiânia, nós temos o Dom Washington, nas diversas dioceses do nosso estado. A RCC acontece ordinariamente em grupos de oração, ou seja, todas as pessoas são convidadas a fazer essa experiência. Em todas as paróquias, em diversas comunidades existem grupos de oração que vão acolher essas pessoas. A partir do grupo de oração tem essa redescoberta da fé. E aí, vai participar da vida ativa da Igreja, através dos Sacramentos da Eucaristia, e ele é catequisado, crismado. Ou seja, começa realmente o seu caminho cristão na Igreja. E a porta aberta, muitas vezes, tem sido os nossos grupos de oração.

Douglas Branquinho: E o grupo de oração não dispensa de forma alguma a Santa Missa, né?

Vicente Machado: Muito pelo contrário, o ponto principal da fé cristã católica é a Eucaristia, e um dos frutos do Espírito Santo é justamente o amor à Eucaristia. A redescoberta dos Sacramentos, a devoção a Nossa Senhora. E aqui no nosso Estado, uma relação de intimidade com o Divino Pai Eterno. Algo muito latente no nosso meio é o amor a Deus Pai. Por isso, temos uma proximidade muito grande com o Santuário do Divino Pai Eterno. Todas as vezes, nós temos testemunho de pessoas que, a partir do momento que fizeram essa experiência de oração, se colocam em caminhada para a terra do Divino Pai Eterno para, lá, poder entregar definitivamente a sua vida. Então, a RCC é um movimento da Igreja, que tem suas peculiaridades, tem sua importância, mas que é Igreja. Hoje, nós somos mais de 600 grupos de oração em todo o Estado de Goiás, sendo mais de 200 só em Goiânia.

Veja também:

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno