Notícias

CNBB entrega prêmios no Cineteatro Afipe

Solenidade foi transmitida por redes católicas no último dia 28 de abril.

O Programa Pai Eterno desta terça-feira, 2, mostrou como foi especial a noite de entrega dos Prêmios de Comunicação da CNBB 2017. O Cineteatro Afipe recebeu nomes importantes da comunicação no Brasil. (Assista ao vídeo abaixo)

Essa foi a 50ª edição do Prêmio que escolheu finalistas para cinco categorias: impresso, televisão, rádio, cinema e pela primeira vez, internet. “Essa é a nossa homenagem, da CNBB, a tanta gente que na imprensa, nos meios de comunicação em geral, na TV, no rádio e na internet tanto tem feito pela comunicação, por isso merece o nosso reconhecimento, nossa gratidão muito sincera, nosso incentivo para que a comunicação seja cada vez mais a serviço da justiça, da caridade e da paz”, ressaltou Dom Sérgio da Rocha, presidente da CNBB.

Nesta edição um novo prêmio foi apresentado e incluiu trabalhos que foram realizados no âmbito da internet; nos sites, portais e blogs, nas redes sociais e nos aplicativos para celular. Nesta categoria, o ganhador do troféu Dom Luciano Mendes de Almeida, foi o jornalista Rinaldo de Oliveira, do Portal Só Notícia Boa, do Distrito Federal. “A gente só dá notícia boa de todos os tipos. De política, economia, saúde, entretenimento, enfim, só fazemos notícia boa”, afirmou.

Outro premiado da noite foi o jornalista Eduardo Miranda, que concorreu na categoria televisão. Ele é da TV Aparecida, de São Paulo e a reportagem abordou a situação das mulheres no sistema carcerário brasileiro. “Nesse ‘O Mundo sem Cárcere’ nós falamos das mulheres que vivem encarceradas e muitas delas são obrigadas a cuidar dos filhos dentro da cadeia”, pontuou o jornalista.

Veja também:

Já o Prêmio Margarida de Prata é entregue desde o início da premiação da CNBB, há 50 anos. Ele é oferecido para filmes brasileiros que ressaltem valores humanos. Desta vez, os ganhadores foram o Belisário Franca e a Joana Mariani, diretora e roteirista do filme Marias.

“Mostramos 50 meninos que saíram do Rio de Janeiro em 1932, foram saídos do orfanato para morar durante dez anos no interior de SP, trabalhando como escravos. Essa fazenda pertencia a empresários que também eram do partido integralista, e um deles do partido nazista, no Brasil. Nós encontramos dois sobreviventes e mapeamos aquela época e a história desses meninos”, contou Belisário.

De acordo com Joana, Marias é um filme sobre a devoção mariana na América Latina. “Produzimos visitando as festas marianas e fazendo uma pesquisa sobre o porquê a Imagem de Nossa Senhora, na América Latina e no Brasil, é tão importante para a sociedade”, completou.

Foram 13 premiados em cinco categorias. O Cineteatro Afipe esteve em festa, uma noite memorável, que ficou na história. “É uma alegria muito grande para cada um de nós, uma noite que podemos dar graças a Deus, uma vez que, a evangelização necessita da comunicação. Então, para nós é uma grande alegria”, afirmou Pe. Edinisio Pereira, reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO).

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store