Doação

Recanto Anjos Peludos abriga cerca de 200 cães abandonados

Local recebe doações de padrinhos e oferece tratamento, cuidados e carinho aos animais resgatados.

O quadro Atitude Cristã, exibido no Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 30, mostrou o Recanto Anjos Peludos, um abrigo para cães, em Goiânia (GO). A responsável pelo voluntariado é a proprietária Luciula Correia, que se desdobra na arrecadação de doações para cuidar de 200 cães. (Assista ao vídeo abaixo)

“O Recanto surgiu há quase dez anos e desde a minha infância eu cuido de animais. Eu cuido, pego na rua, levo pra casa. Isso conforme a gente vai crescendo, isso vai crescendo junto com a gente. Eu senti uma grande necessidade de montar um abrigo para mim porque eu tenho que tirar os cães das ruas, mas também tenho que proporcionar uma qualidade de vida para eles. Isso só é possível com espaço adequado, com tudo arrumado e direcionado para eles”, relatou Luciula.

Muitos cães chegam após maus tratos. A obra conta com voluntários que ajudam financeiramente. “Resgatamos nas ruas. São cães atropelados, abandonados”, contou a proprietária.

O trabalho realizado no Recanto é tão importante a ponto de ser o único abrigo no país a cuidar de cães com sinomose. Uma doença viral e de tratamento complicado. “O vírus permanece no ambiente por cinco anos. Essa é a grande dificuldade dos outros abrigos em reterem e manterem esses animais sinomóticos dentro do estabelecimento, pois consequentemente, se não tiver um isolamento adequado, o vírus passa para outros animais e contamina todo mundo. É uma doença muito séria, um vírus muito potente e muito grave”, ressaltou Luciula.

Sueyde Castilho é veterinária e ajuda a cuidar dos animais do abrigo. “É preciso ter todo um trabalho. E é caro, um tratamento que não dura menos de um ano. Então, as pessoas geralmente não se disponibilizam. Nós aqui pensamos ao contrário, acreditamos que eles podem se recuperar”, disse.

Veja abaixo:

Os funcionários são remunerados, por isso a importância desse trabalho chegar ao conhecimento do maior números de pessoas. “Todos os cachorros que as vezes chegam aqui, você vê a situação que chegam com sarna, machucados, sentindo dor. Quando vamos ajudando na recuperação a gente acaba pegando amor, tanto que cuidamos com o maior amor e quando alguns vão embora não gosto nem de olhar porque eu choro”, afirmou o auxiliar de serviços gerais, Rondinele Vieira Alves.

Luciula explicou que o abrigo se mantém no sistema de apadrinhamento: “A pessoa doa o que ela pode mensalmente e basicamente são pessoa comuns. Quando essa doação não chega, a gente tem que se virar”.

Para quase todos os cães abrigados, o futuro já estava perdido, mas a realidade é diferente graças a atitude cristã de quem ajuda. “Acredito muito que é um olhar de compaixão mesmo. É um ministério. Tem gente que nasceu para cuidar de idosos, crianças. Deus faz tudo perfeito. Ele criou os animais e também pessoas para cuidar dos deles. Somos só um instrumento nas mãos de Deus, mais nada. Eu tento fazer isso da minha melhor forma. Isso aqui é um milagre na minha vida”, concluiu Luciula.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store