Centro Social Redentorista: 25 anos de história e progresso

Obra Social, em Trindade (GO), atende crianças de 3 a 12 anos de idade com o ajuda de devotos de todo o país.

O Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 1º de novembro, exibiu uma reportagem especial sobre o trabalho realizado pelo Centro Social Redentorista (CSR). A Obra Social, localizada em Trindade (GO), é mantida pela Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e atende crianças há 25 anos. Recentemente o centro social passou por uma reforma para melhor acolher os atendidos. (Assista ao vídeo abaixo)

O CSR teve início em 1992. “Foi por iniciativa do irmão Sebastião. Depois que a Afipe fez essa parceria, o centro social foi ganhando uma nova cara, nós ficamos conhecidos. Ele foi muito bem divulgado e graças à colaboração de todos os associados da Afipe é que nós conseguimos essa reforma nesses 25 anos”, afirmou a coordenadora administrativa, Rosemary Alves de Oliveira Vasconcelos.

De acordo com a coordenadora, uma nova estrutura está disponível para atender a comunidade com mais conforto. “Temos uma cara nova! Foi construído um mini auditório, vestiários, as salas ficaram mais amplas, a sala de informática ganhou uma nova estrutura, a de costura também, e nós estamos muitos felizes com essa reforma”, completou.

Durante o período que estão no CSR, as crianças participam de várias atividades pedagógicas, educativas e de evangelização. Tudo é planejado antes, conforme explica o coordenador pedagógico do centro social, Naclayton Sousa Almeida: “Por meio das atividades que são oferecidas nas obras sociais, visamos a valorização do assistido, uma promoção de vida. Além de cunho pedagógico, catequético, cultural, a gente visa também todo esse movimento interno do indivíduo para que tenha uma formação humana”.

Sobre o objetivo da Obra Social, Rosemary afirmou que os pais podem trabalhar mais tranquilos por saberem que podem confiar no trabalho do CSR. “O nosso principal objetivo é acolher as crianças, ter a satisfação delas e a confiança dos pais em deixa-las aqui conosco, tirando-as das ruas”, ressaltou.

Educadora social no CRS, Tatielly Galdino da Silva, contou que trabalha com muito amor e carinho. “Tudo que fazemos aqui envolve muito conhecimento, pois até atrás de um brincadeira tem muita pesquisa, para que possamos agir conforme a necessidade das crianças, saber quais são as deficiências como a afetividade, onde precisamos atingir”, pontuou.

Veja abaixo:

O funcionário público Fábio Rodrigues Cavalcante é pai de uma das crianças atendidas no CSR. Satisfeito com o atendimento por lá, ele ressaltou o desenvolvimento do filho nos últimos tempos. “A rotina dos pais hoje em dia, essa questão do trabalho, ocupa muito o nosso tempo, e muitas vezes, a gente não tem esse tempo para oferecer o que a casa oferece que é a educação religiosa, a questão do contra turno escolar, do esporte e o convívio com outras crianças”, ressaltou o pai.

Mãe, a Jordânia Ribeiro dos Santos Dias disse que os filhos se tornaram mais calmos depois que entraram para o CSR. “Até o caráter muda muito. Eles aprendem sobre tudo e isso é um incentivo muito grande. Sabemos que não estão nas ruas aprendendo coisa errada. Aqui podemos confiar, as educadoras são muito pacientes, muito carinhosas, nos ajudam na educação dos nossos filhos”, disse.

Atualmente o CSR atende 164 crianças de 3 a 12 anos. “Temos também o público da informática, que são umas 40 pessoas frequentando. Com a nova estrutura vamos poder dobrar esse número de atendidos”, explicou a coordenadora Rosemary.

Além do trabalho com foco na formação educacional, o CSR foca também nos ensinamentos da evangelização. “Trabalhamos a devoção e a fé desde as crianças até os adultos atendidos em todas as Obras Sociais Redentoristas, mostrando que é importante termos vínculo com a Igreja, termos firmada a nossa fé no Pai Eterno para que assim venhamos ser abençoados e agraciados com tudo o que acontece em nossas vidas”, comentou o coordenador Naclayton.

Recreação, atividades variadas com técnicas de pintura, colagem, escrita, leitura e recortes ensinar e oferecem entretenimento aos atendidos. Um deles é o Santiago Castelo, 10 anos. “Aqui no Centro Social Redentorista a gente aprende muitas coisas boas e legais. Eu venho aqui para brincar e aprender mais. Somos tratados com muito carinho, amor. Eles respeitam nos respeitam muito”, disse.

Maryane Fernandes, 10 anos, também é atendida no CSR e disse que ficará por lá até quando puder. “As professoras são muito legais, têm um carinho enorme por nós. As tias fazem tudo para nos ajudar”, disse.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store