A evangelização no trabalho

Suely Maria de Oliveira trabalha na Afipe e serve durante as missas semanais celebradas para os colaboradores.

O Ano do Laicato será celebrado de 26 de novembro deste ano até 25 de novembro de 2018. O tema escolhido para ser trabalhado nesse período é relacionado aos cristãos leigos e leigas, que são missionários na família ou no trabalho e assim, se tornam seguidores de Cristo.

O quadro Fique Por Dentro, exibido no Programa Pai Eterno desta quarta-feira, 15, mostrou como um cristão leigo pode atuar em seu local de trabalho. A Suely Maria de Oliveira Flores é recepcionista na Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e é um exemplo de quem evangeliza na empresa em que trabalha. (Assista ao vídeo abaixo)

Em dia de missa, celebrada uma vez por semana na Afipe, ela faz questão de reservar um tempinho no trabalho para ajudar na celebração. “Eu me sinto muito privilegiada por estar aqui e poder participar. Gosto muito e faço esse trabalho a mais tempo em Goianira e aqui na comunidade que eu amo também do Divino Pai Eterno”, declarou Suely.

A recepcionista conta que todos os dias, antes de começar o trabalho, é na oração que busca forças para mais um dia. “Eu já venho rezando, fazendo minhas orações. Quando eu abro a capela eu já memorizo, peço alegria, peço que guie os meus dias e de todos os meus colegas daqui”, disse.

Veja também:

O leigo, assim como a Suely, é tido como uma pessoa que age de acordo com os princípios da Igreja, que não apenas segue os ensinamentos, mas que de alguma forma, tenta passar para outras pessoas um pouco do amor de Deus e assim, promove a evangelização onde quer que esteja.

“O mundo do trabalho é o ambiente próprio do leigo exercer a sua missão, porque através do trabalho ele retira o sustento para a sua família, constrói a sua dignidade e ao mesmo tempo ele realiza a transformação e a melhoria do mundo”, ressaltou Dom Moacir Arantes, bispo auxiliar da Arquidiocese de Goiânia.

Suely contou que procura ser sempre acolhedora com os demais colaboradores da Afipe.  “Eu procuro estar sempre bem humorada, tratando bem as pessoas, acolho bem e gosto de transmitir carinho, de abraçar, ouvir a pessoa. Às vezes noto que a pessoa não está bem, e só precisa de uma palavra amiga, de um abraço que seja. Então, eu sempre estou pronta para receber essa pessoa, dar esse carinho. Creio que ajudo bastante desta forma”, afirmou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store