Obras Sociais preparam projeto Gesto Concreto

Objetivo é trabalhar o tema da Campanha da Fraternidade 2018 com crianças, pais e comunidades.

O amor do Pai Eterno se manifesta de diversas maneiras e é pela fé que somos fortalecidos e renovados na esperança de quem crê na providência divina. Neste sentido é que as Obras Sociais Redentoristas organizarão vários projetos em 2018. Um deles é o Gesto Concreto, que trabalha o tema da Campanha da Fraternidade e deve durar até novembro. (Assista ao vídeo abaixo) 

Regina Marta Pereira Morais, coordenadora do projeto Gesto Concreto das Obras Sociais Redentoristas, falou sobre o objetivo da ação: “Construir uma cultura de paz, fraternidade, de reconciliação, justiça e tudo isso a luz da Palavra de Deus. Isso é o que nós pretendemos com o projeto neste ano”.

O Complexo Cespe/Cecam atende entre oitocentas e mil pessoas. E a mensagem desse projeto tem que chegar de uma forma clara para todos, independente da idade. “A nossa proposta é desenvolver diversas atividades por mês com os nossos assistidos e também com toda a comunidade. Então, vamos oferecer rodas de conversa com os pais, teremos seminários sobre Segurança Pública, que será aberto para toda a comunidade de Trindade. Teremos seminário sobre bullying, somente para as nossas crianças”, pontuou.

Veja também:

Um dos sucessos do projeto é o trabalho dos colaboradores, os educadores. A proximidade com as crianças no dia a dia facilita bastante reconhecer os rastros deixados pela violência. Segundo a coordenadora, eles também passarão por orientações. “A importância de trabalharmos esses temas nessas rodas de conversa contribuirá para que os pais, a comunidade saiba como lidar com as situações de violência do nosso dia a dia. E a proposta é poder trabalhar violência que estão próximas a nós. Falar de violência é um assunto muito amplo. Então, nós queremos trabalhar alguns tipos de violência, contra as crianças, jovens e adolescentes”, explicou Regina Marta.

Para que a violência não estrague a vida das crianças é fundamental que os pais também participem. “Queremos trabalhar essa base, aonde a criança vai, e ela está a maior parte do tempo. Se não começarmos na casa, a partir daqueles que educam, não teremos resultados. Precisamos começar deste espaço”, concluiu a coordenadora.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store